Prefeito Lula Cabral afirma a importância do bicentenário da Vila do Cabo

PTB Notícias 28/07/2011, 14:27


Leia, na íntegra, o discurso do prefeito do Cabo de Santo Agostinho, Lula Cabral (PTB), proferido nesta última quarta-feira, 27/07/2011, durante as comemorações dos 200 anos de elevação do Cabo à condição de Vila.

Minhas Senhoras, Meus SenhoresO município do Cabo de Santo Agostinho está vivendo um período de muita festa neste mês de julho.

Comemoramos duas datas históricas importantes não só para nós cabenses, mas para todos os pernambucanos.

No último dia 09, festejamos os 134 anos de emancipação política do município.

E hoje, nesta manhã de quarta-feira, neste 27 de julho, aqui estamos para lembrar o bicentenário de elevação do Cabo de Santo Agostinho à condição de Vila.

Há 200 anos, a história deste pedaço abençoado de Pernambuco e do Brasil começava a mudar.

O povoado que existia se transformava em uma vila.

Era o prenúncio de que, a partir dali, essa nunca mais pararia de crescer, de se desenvolver, de dar frutos.

Começava naquele dia a ser plantada a semente do que temos hoje, um lugar que, a cada dia, enche de orgulho todos os seus habitantes.

O nosso município coleciona muitas histórias desde quando o Brasil foi descoberto no ano de 1500.

Porém, foi a partir da metade do século XVI que começaram a surgir as primeiras povoações, denominadas naquela época de Arraial do Cabo.

Para alguns pesquisadores, o verdadeiro povoamento na região aconteceu por volta de 1618.

Depois de dois séculos, esta povoação foi elevada à condição de vila do Cabo de Santo Agostinho por força de documento datado de 27 de julho de 1811 e por Provisão Régia em 15 de fevereiro de 1812, do governador da província, o general Caetano Pinto de Miranda Montenegro.

A instalação da Vila aconteceu mesmo em 18 de fevereiro de 1812, e foi comandada pelo ouvidor e corregedor-general da Comarca do Recife, Clemente Ferreira de França.

Mas somente em 9 de julho de 1877, o Cabo de Santo Agostinho foi elevado à categoria de Cidade pela Lei Provincial Número 1.

269.

Meus senhores e minhas senhoras,Temos muito orgulho da nossa cidade e resolvemos, nesta data, compartilhar esse orgulho e essa alegria com todos aqueles que deram a sua contribuição para o município chegasse ao que é hoje.

Para marcar esta importante data histórica, a Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho instituiu a Comenda João Paes Barreto – Morgado do Cabo.

A Comenda João Paes Barreto será entregue hoje a autoridades e personalidades com relevantes serviços prestados ao município para o seu desenvolvimento cultural, social e econômico.

Trata-se de uma homenagem simples, mas que o povo do Cabo, através do seu governo municipal, faz questão de prestar.

A Comenda João Paes Barreto leva o nome do primeiro Morgado do Cabo, a primeira pessoa que, através dos banguês dos engenhos de cana-de-açúcar, projetou economicamente o nosso município.

Da mesma forma como temos orgulho do nosso passado, das nossas tradições, das nossas conquistas, temos muito orgulho do nosso presente.

O Cabo de Santo Agostinho é hoje um lugar em que se pode viver com alegria e com dignidade.

Vivemos um grande surto de desenvolvimento, com as empresas que aqui chegaram e ajudaram a consolidar a importância que o nosso município sempre teve no cenário regional.

Temos orgulho da parceria que mantemos com o Governo de Pernambuco, através do governador Eduardo Campos, nosso aliado de primeira hora.

Temos muito orgulho da amizade e da parceria que tivemos com o maior presidente que o Brasil já viu, o presidente Lula.

Uma relação política e administrativa que, hoje, continuamos a ter com a presidente Dilma Roussef, que nós cabenses ajudamos a eleger.

Com esse esforço conjunto da Prefeitura, do Governo de Pernambuco e do Governo Federal, o Cabo de Santo Agostinho transformou-se no maior canteiro de obras de Pernambuco.

Nós nos preparamos para receber esse novo tempo, para receber as empresas que vêm para Suape.

Nós temos, hoje condições de abrigar qualquer empreendimento, seja de que porte for.

Porque no Cabo de Santo Agostinho, o futuro é hoje.

Comemoramos essa grande data oferecendo o que temos de melhor: trabalho, realização e muita esperança no presente e no futuro.

Neste mês de aniversário, entregamos mais duas escolas-modelo, uma em Ponte dos Carvalhos e esta, a Escola Modelo Maria Thamar Leite da Fonseca, com mais de 3 mil e 100 metros de área construída, no mesmo padrão de qualidade das outras quatro escolas modelos que já entregamos aos cabenses.

Esta bela e moderna unidade de ensino conta com um ginásio poliesportivo coberto, onze salas de aula, biblioteca, refeitório, cozinha, laboratório de ciências e salas de informática e de multimeios, além de um parque aquático que vamos construir ainda neste segundo semestre.

E tudo isto por uma razão muito simples: no Cabo, hoje, educação é prioridade absoluta.

Comemoramos entregando ruas pavimentadas à população.

Algumas dessas ruas, como a Rua Maria Procópio da Silva, a antiga Rua 15, em Ponte dos Carvalhos, que muitos achavam impossível de ser urbanizada.

Amanhã, entregaremos o auditório da Escola Modelo de Pontezinha, um espaço importante que será aberto a todos os que fazem arte e cultura em nossa cidade.

Comemoramos com todos, sem distinção, pois não temos tempo a perder com outra coisa que não seja trabalho.

Neste feliz dia 27 de julho de 2011 estamos todos de parabéns: O Cabo, por completar o seu bicentenário de elevação à Vila; os cabenses por viverem numa cidade promissora e progressista; e nós por termos o privilégio de governar o município nesta data de tão grande significado.

Parabéns, Cabo de Santo Agostinho!E que Deus continue nos iluminando a todos.

Muito Obrigado! Lula CabralPrefeito do Cabo de Santo AgostinhoAgência Trabalhista de Notícias, (IS) com informações da prefeitura do Cabo de Santo Agostinho