Prefeito Lula Cabral entrega 44 moradias do Habitacional Novo Tempo 2

PTB Notícias 13/02/2012, 17:34


O prefeito de Cabo de Santo Agostinho (PE), petebista Lula Cabral, entregou nesta segunda-feira (13/02/2012) a documentação das 44 unidades do Habitacional Novo Tempo 2, mais um conjunto construído através do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Na solenidade, realizada no Centro Administrativo Municipal (CAM), também estiveram presentes o vice-prefeito, José Ivaldo Gomes, e os secretários municipais de Infraestrutura, Oswaldo Vieira de Melo, e de Programas Sociais, Edna Gomes.

As casas possuem área de 42m², sendo dois quartos, sala, cozinha, banheiro, área de serviço e terraço.

Situado no Loteamento Garapu, o conjunto é servido com água, esgoto e energia e dispõe ainda de uma área de convivência.

“É sempre uma satisfação poder fazer bem e realizar sonhos.

Não tem preço.

Aproveito para informar que até o fim do mês vamos iniciar a obra de pavimentação da avenida principal”, revelou o prefeito.

“Esse é um compromisso nosso com vocês do Cabo, pois sabemos o quanto o povo merece”, acrescentou o vice-prefeito, Vado.

A professora Ausilene de Oliveira Sena, de 52 anos, há muito tempo tinha o sonho de ter a casa própria.

“Com a idade que eu tenho, qual a perspectiva de sonho que eu tinha?”, indagou ela, que preparou um cordel de agradecimento.

Deixando o aluguel de lado, após 15 anos, o novo sonho dela agora é ampliar o negócio que ela começou.

A vida também será outra para a dona de casa Dulcinéia Josefa Nunes, 31 anos, mãe de três filhos.

“Eu sofria muito sem a minha casa.

Vivia na casa dos outros, e depois, pagando aluguel.

Agora está ótimo”, contou.

De acordo com a gerente do Setor Social da Secretaria de Infraestrutura, Luciana Laranjeiras, a escolha das famílias beneficiadas seguiu critérios nacionais, tais como morar em área de risco, rendimentos de até três salários mínimos, mulheres mãe de família, idosos e pessoas com deficiência.

“O que nos entristece é ver que há pessoas que em momentos de dificuldade se desfazem da casa que ganhou.

Esperamos que pensem bem antes de tomar qualquer atitude, pois esse é um privilégio, uma oportunidade única”, ressaltou a secretária de Programas Sociais, Edna Gomes.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Prefeitura de Cabo de Santo Agostinho (PE)Foto: Ivan Melo