Prefeito Tupã recebe R$ 18,5 mi economizado pela Câmara de Prudente

PTB Notícias 20/12/2014, 9:10


A Câmara Municipal de Presidente Prudente (SP) apresentou, na última sexta-feira (19/12), o balanço do biênio em coletiva realizada nesta sexta-feira (19).

Com a presença de todos os parlamentares e do prefeito Milton Carlos de Mello “Tupã” (PTB), o atual presidente do Legislativo, Valmir da Silva Pinto, se despediu do cargo que passa a ser de Ênio Luiz Tenório Perrone.

Ao todo, foram 836 projetos aprovados desde 2013.

Um cheque no valor de R$ 18.

590.

750 foi devolvido aos cofres públicos pelos parlamentares.

Este é o dinheiro não utilizado nos dois anos do mandato.

“Não é uma falha no orçamento.

São valores que não foram investidos em contruções e nem em compras, e que por isso está voltando para ser utilizado em benefício do cidadão”, explicou o presidente.

Encerrando seu mandato, o atual presidente o avaliou como positivo, e ressaltou as melhorias realizadas no prédio, mas pontua sobre a necessidade da construção de uma nova estrutura.

“Basta ir ao gabinete dos vereadores para ver que não está a altura de atender a população.

Não temos o laudo do bombeiros ou de acessibildade.

É fundamental a construção de uma nova Câmara”.

Ele ressalta ainda a importância da retomada da confiança conquistada pelos parlamentares.

“Conseguimos neste período resgatar o respeito da população para com os vereadores”, frisa Valmir.

Neste ano, 410 projetos foram aprovados, sendo 50% de autoria do Executivo, e 50% do Legislativo, segundo levantamento da Câmara Municipal.

Em 2013, foram 426 aprovações, sendo 63% referentes à Prefeitura e 27% dos vereadores.

“Teve uma ligeira diferença quanto aos números do ano passado, em razão do período eleitoral deste ano”, relatou Valmir.

Com relação aos projetos que começaram a serem discutidos, mas que não tiveram definições, Valmir argumenta que estes, continuam sendo programados para serem debatidos.

“Seguem normalmente entrando nas pautas das próximas sessões.

As propostas que foram protocoladas não são esquecidas ou eliminadas”.

Após o levantamento dos dados referentes aos projetos, foi possível ver a parceria existente entre a Prefeitura e a Câmara, segundo Valmir.

“É importante observar que esse trabalho aconteceu junto, houve sintonia entre o Executivo e os parlamentares.

Os poderes constituídos são autônomos, porém harmônicos”.

Foram contabilizados também o número de pessoas que buscaram atendimento no órgão durante o biênio citado, e segundo estatística apresentada pela Câmara, foram realizados 33.

337 assistências à populares.

“Este dado é só referente aos cidadãos que vieram até aqui, não está contabilizado o dia a dia, onde atendemos em qualquer lugar ou hora do dia, e até pelas redes sociais”, ressalta.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do portal G1 Foto: Gustavo Justino/G1