Prefeitos da região do Grande ABC querem tornar Hino Nacional obrigatório

PTB Notícias 10/09/2009, 11:35


A maioria dos prefeitos da região do Grande ABC no Estado de São Paulo pretende adotar a obrigatoriedade de execução do Hino Nacional nas escolas municipais.

Nesta semana, durante os desfiles cívicos de 7 de Setembro, eles disseram que a medida seria importante para a formação das crianças, por isso apoiam o projeto de lei do deputado Donisete Braga, PT de Mauá.

O prefeito de São Caetano, o petebista José Auricchio Júnior, elogiou o projeto.

“Apoio a iniciativa.

É importante para que os alunos tenham o espírito cívico.

Em muitas de nossas escolas, os alunos já cantam semanalmente o Hino Nacional.

“, disse Auricchio.

Já na cidade de Santo André, o prefeito petebista Aidan Ravin concorda com a obrigatoriedade.

“É importante, pois além de cantar, os alunos saberão a letra corretamente.

Algumas escolas já têm a prática, mas outras, devido a falta de aparelhagem adequada, ainda não.

Faremos verificação para facilitar a execução em todas.

“, afirmou Aidan.

Oswaldo Dias (PT), de Mauá, não quis comentar o projeto.

Para a secretária de Educação da cidade, Margaret Franco Freire, a proposta é essencial.

“O Hino é um patrimônio nacional”, ressaltou a secretária, que planeja iniciar discussão sobre o tema em 2010.

Só o prefeito de Rio Grande da Serra, Adler Kiko Teixeira (PSDB), foi contrário à medida.

“O amor pela Pátria e a cidadania devem vir do coração.

” O prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho (PT), não foi encontrado para comentar a proposta.

fonte: jornal Diário do Grande ABC (SP)