Prefeitura de Almadina (BA) promove II Feira da Agricultura Familiar

PTB Notícias 3/10/2007, 12:05


O município de Almadina – administrado pelo petebista Linho Santana (BA) – vai sediar, entre os dias 11 e 14 de outubro, a II Feira Intinerante da Agricultura Familiar e da Economia Solidária do Território Litoral Sul.

O evento surgiu em 2004, a partir da Semana do Fazendeiro, e é promovida anualmente em Uruçuca (BA).

De acordo com os organizadores, a finalidade principal é integrar toda comunidade das zonas rural e urbana para discutir e informar as atuais políticas de incentivo à agricultura familiar em um contexto local, sem deixar de lado o Governo, os movimentos sociais e os grupos privados.

Além da questão da agricultura familiar, a Feira irá abordar questões essenciais para o desenvolvimento agrícola, como a ampliação da cobertura dos programas de liberação de crédito para o setor e palestras que visam orientar o pequeno proprietário a lidar com novas técnicas de cultivo da terra.

Segundo Jabs Amorim da Conceição, da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), antes de discutir essas questões é preciso saber quais são as verdadeiras necessidades de cada município.

“Também faz-se necessário o apoio de atividades como artesanato, tão comuns em pequenas cidades e que aumentam a geração de emprego e renda na cidade e no campo”, salientou.

Jabs Amorim lembrou ainda que Almadina foi um dos primeiros municípios a apoiar a Feira de Agricultura Familiar, mostrando preocupação com a questão agrícola.

O apoio à iniciativa, segundo o prefeito Linho Santana, vem por conta de uma situação lamentável: ao longo de décadas, Almadina tem registrado uma diminuição de sua população por conta do êxodo rural.

“Não pudemos cruzar os braços diante de uma situação gritante como essa”, disse o prefeito.

Atualmente, a população de Almadina é de aproximadamente 10 mil habitantes.

Mas a cidade já chegou a ter quase 18 mil habitantes até a década de 1970.

Agência Trabalhista de Notícias