Prefeitura de Belém comemora os 124 anos do Jardim Botânico da Amazônia

PTB Notícias 24/08/2007, 8:10


O prefeito de Belém, o petebista Duciomar Costa, informa que a cidade irá comemorar neste sábado, 24/8, os 124 anos de fundação do Jardim Botânico da Amazônia – Bosque Rodrigues Alves.

Considerado um dos principais cartões-postais da capital do Estado do Pará, o espaço centenário recebe, em média, três mil visitantes por mês.

A maioria crianças e estudantes das redes pública e particular de ensino.

Com uma área total de 150 mil metros quadrados, o Bosque é um pedaço da floresta amazônica literalmente ‘plantado’ no coração da cidade, abrigando mais de 80 mil espécies distribuídas em 15 hectares, dos quais cerca de 80% são compostos de área verde e 20% de edificações e vias de passeio.

O acervo vegetal, aliás, é uma das peculiaridades do Jardim Botânico da Amazônia.

É constituído por uma floresta primária de terra firme preservada desde o final do século XIX, representativa da flora regional.

Ao contrário do que muitos pensam as espécies não foram plantadas e sim, cercadas, para que a cidade pudesse desfrutar de um pedaço natural da floresta Amazônica.

A grande maioria da vegetação é oriunda de mata virgem antiga e algumas plantas exóticas, introduzidas posteriormente.

Além disso, o espaço reúne uma grande diversidade de espécies animais e vegetais característicos deste ecossistema.

A fauna é constituída por espécies brasileiras e que também são encontradas na região amazônica, abrangendo animais em liberdade, cativeiro e semi-cativeiro.

Estas espécies da fauna livre constam de aves, mamíferos, répteis, anfíbios, insetos e moluscos.

Dentre estas, pode-se observar com facilidade pássaros, beija-flores, cutias, macacos-de-cheiro e, dependendo da época, borboletas.

Neste espaço ocorre um constante trabalho de produção cientifica sobre a flora e fauna, que visa contribuir para o conhecimento da biodiversidade Amazônica e o desenvolvimento regional, a partir do estudo sobre a diversidade arbórea do local, que possui cerca de 5 mil árvores, distribuídas em 50 famílias botânicas, quase 200 gêneros e 300 espécies, bem como trabalhos realizados sobre a fauna ali existente.

Tudo isso somado a especificidade de ser um logradouro público, aberto a pessoas de todas as idades, incluindo-se Portadores de Necessidades Especiais (PNEs), o que faz do espaço um lugar de intensa integração sócio-ambiental, reunindo as dimensões e campos da ciência, lendas e mitos da Amazônia.

O Bosque Rodrigues Alves foi criado em 25 de agosto de 1883, idealizado por José Coelho da Gama, o ‘Barão de Marajó’ – que além de Presidente da Província do Pará também era geógrafo da Amazônia – com o objetivo de preservar o ambiente natural na área urbana da cidade de Belém.

A criação do espaço, inspirado no Bois de Bologne, de Paris, foi por proposta do Presidente da Câmara Municipal à época, João Clemente Malcher.

Aniversário – O prefeito de Belém, Duciomar Costa, autorizou a Secretaria Municipal de Meio Ambiente da Prefeitura a organizar uma extensa programação para comemorar os 124 anos do Jardim Botânico da Amazônia.

As celebrações incluem apresentações musicais, declamação de poemas, plantio e distribuição de mudas, trilhas ecológica e sensorial, exposições, filmes, educação ambiental com a Galera Jogo Limpo, feirinha de artesanato, atividade de yoga e teatro.

As atividades começam a partir das 9h.

(Acompanhe a programação abaixo).

PROGRAMAÇÃO DE 124 ANOS DO JARDIM BOTÂNICO – BOSQUE RODRIGUES ALVES25/08/07 (sábado) ABERTURA9h – Apresentação do Coral da SemmaLocal: Pórtico principal9h15 – Apresentação do Jabutigão – Recitando PoemasLocal: Fontes aos Intendentes9h20 – Parabéns ao Bosque, cantado por um grupo de corais, e distribuição do bolo de aniversárioLocal: Restaurante9h40 – Plantio de mudas com crianças especiais10h – PROGRAMAÇÃO DO PROJETO JARDIM BOTÂNICO SENSORIALApresentação do grupo Corpus Falante com crianças especiais da Escola Astério de CamposLocal: Fonte aos Intendentes10h50 – Apresentação do coral de Portadores de Necessidades Especiais (visuais) da Escola Álvares de AzevedoDe 9h às 11h – Trilha no Jardim Botânico SensorialDias 25 e 26/08APRESENTAÇÃO DA BIBLIOTECA8h às 17h – Exposição ‘Bosque Rodrigues Alves – Jardim Botânico da Amazônia: Sua história e seus atrativos’10h – Projeção do filme ‘Juro que vi’9h às 12h – Exposição da EmbrapaLocal: Chalé de FerroExposição ‘Bosque Municipal do Marco da LéguaLocal: Antiga administraçãoExposição da Casa do ApicultorLocal: Próximo à BrinquedotecaExposição de Animais TaxidermizadosLocal: Gruta EncantadaFeirinha de ArtesanatoLocal: Lago da YaraAtividades de YogaLocal: Coreto chinês9h – Apresentação musical (Solo de Sax)Local: Restaurante do Bosque10h30 – Espetáculo teatral em homenagem ao aniversário do Bosque (Movimento Missão Jovem)Local: Fonte aos Intendentes10h e 11h – Trilha ecológica com os animaisLocal: Espaço interno do BosqueOBS: Haverá distribuição de mudas aos visitantes na saída (pela Almirante Barroso e Perebebuí)EXPRESSO AMBIENTAL ‘GALERA JOGO LIMPO’De 9h às 11h – Em frente ao Chalé de Ferro (entrada pela Perebebuí)