Prefeitura de Belém realiza seminário para estreitar relações com Itália

PTB Notícias 1/12/2009, 11:32


O prefeito de Belém, o petebista Duciomar Costa, participou na última semana, do Seminário de Cooperação Técnica Internacional entre Brasil e Itália, no auditório Prof.

Dr.

Alex Bolonha Fiúza de Melo, na capital do Estado do Pará.

Também esteve presente o prefeito da cidade de Pontassieve, na Itália, Marco Mairaghi.

O objetivo do encontro é estabelecer políticas de intercâmbios com várias instituições públicas e privadas, para a captação de recursos financeiros, execução de projetos e obras fundamentais ao desenvolvimento urbano de Belém.

Durante o seminário foi apresentado o projeto “Portal Novo Ver-o-Peso”, da Fundação Cultural do Município de Belém (Fumbel), voltado para a revitalização do centro histórico da capital paraense.

O historiador da Fumbel, Leonardo Freitas, mostrou um vídeo ilustrando como ficará a revitalização do espaço e de logradouros da área do projeto para empresários e políticos da região da Toscana.

“Isso potencializaria ainda o turismo na área”, comentou Freitas.

Ele apresentou ainda artes de como ficariam as fachadas dos prédios ao final da restauração.

“A restauração dos imóveis do centro histórico abre os olhos da população e eleva a auto estima sobre o espaço.

As pessoas passam a valorizar e a apoiar a restauração”, ressaltou.

O secretário de Cultura e Relações Internacionais de Pontassieve, Alessandro Sarti, avaliou o projeto junto com o coordenador de projetos de restaurações históricas, Daniele Lauria, diretor da cooperativa arqueológica que atua com restaurações de imóveis históricos, Fábio Fagela, e o diretor da empresa de energias renováveis, Cooperativa Cellini, Giuseppe Carovani.

Com o apoio e empenho destes empresários, Belém ganhará a sua primeira escola de restauradores.

A proposta também integra o projeto “Portal Novo Ver-o-Peso”, que revitalizará os prédios históricos localizados nas avenidas Presidente Vargas, Boulevard Castilhos França e Portugal até a Feira do Açaí.

Profissionais especialistas em restauração da cidade de Florença serão os responsáveis pela revitalização, os quais também irão compor o quadro de professores da escola de restauradores de Belém.

O prefeito Marco Mairaghi aproveitou a oportunidade para agradecer ao prefeito Duciomar Costa pela parceria.

“Criamos uma relação pertinente.

Um acordo de amizade.

Espero que dê frutos positivos para o futuro”, disse.

Ele ressaltou o esforço do prefeito de Belém para que a cooperação fosse formada.

“Duciomar trabalhou muito comigo para reforçar esta relação.

Deste protocolo saíram outras linhas de trabalho, como este projeto arquitetônico”, comentou.

Marco Mairaghi falou ainda sobre o estreitamento entre a relação do empresariado paraense e italiano.

“Empresas italianas investem no Brasil e querem vir para Belém.

Queremos montar a semana da Toscana, onde empresas de lá apresentarão seu produtos”, garantiu.

O prefeito Duciomar Costa relembrou os frutos que já foram colhidos desta parceira.

“Essa cooperação já deu frutos e estamos hoje para reafirmamos nossos trabalhos.

Espero estreitarmos cada vez mais esse laço que é importante para a nossa sociedade”, finalizou o petebista.

Parceria – Em viagem à Itália no inicio do ano, Duciomar firmou acordo de cooperação mútua entre a Prefeitura e cinco parceiros públicos para a implementação de um projeto de desenvolvimento sustentável na Ilha de Cotijuba, a terceira maior da região insular de Belém.

O projeto prevê a criação de uma nova rede de abastecimento de água potável para atender os habitantes de Cotijuba e turistas.

Além de viabilizar as atividades econômicas em Cotijuba, a nova rede representa mais um investimento da Prefeitura de Belém em saneamento básico e na ação preventiva contra doenças relacionadas à ingestão de água contaminada, registradas com freqüência nas unidades básicas de saúde.

A primeira bem sucedida parceria entre Belém e Itália foi a instalação, em 2005, de uma rede de abastecimento de água no bairro de Águas Negras, distrito de Icoaraci.

Em conjunto com a companhia italiana Publiacqua, o Saeeb expandiu a capacidade de atendimento, superando a expectativa de 1,2 mil ligações domiciliares para quatro mil residências atendidas, sem acarretar custos adicionais à comunidade.

fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Belém (PA)