Prefeitura de Cabo de Santo Agostinho apresenta projetos para 2011

PTB Notícias 3/01/2011, 7:13


Entre as novidades de 2011 para o município de Cabo de Santo Agostinho (PE), administrado por Lula Cabral (PTB), está a implantação da Junta Comercial de Pernambuco na cidade.

O Cabo será a primeira cidade da Região Metropolitana do Recife e da Mata Sul a instalar escritório do órgão responsável pela abertura, alteração e fechamento de empresas.

Outra notícia positiva para os empresários é a vinda da Agência de Fomento de Pernambuco, um órgão do Governo do Estado criado para viabilizar crédito financeiro para as micro e pequenas empresas.

Todos os serviços estarão disponibilizados na própria secretaria.

Haverá ainda o Espaço Empresa, uma estrutura física equipada, que estará disponibilizada pela secretaria para pequenas reuniões do empresariado, bem como outras utilizações emergenciais.

Há ainda a Sala do empreendedor, que será um espaço permanente voltado para atendimento e orientação aos empreendedores individuais e às micro e pequenas empresas, um direcionamento que faz parte da Lei Geral, regulamentada pelo Prefeito Lula Cabral na última Fenoc.

Já para a população do Cabo interessada em qualificação, a secretaria irá instalar a Praça da Informação, que funcionará com uma sala de aula permanente para cursos de iniciação a informática.

De acordo com o secretário Alex Gomes, as novidades são frutos de articulações e negociações realizadas durante todo o ano de 2010 no intuito de colaborar com o desenvolvimento do município.

“Queremos facilitar a vida das empresas ao oferecer serviços que possam garantir a agilidade e o conforto para o empresariado local e regional, de todo o território”, explicou ele, ressaltando a importância econômica do Cabo, como polo de comércio e serviço do território estratégico.

SUAPE – Ainda com vista no desenvolvimento da região do entorno do Complexo Industrial e Portuário, o secretário Alex Gomes também lembrou da importância da criação do Conselho dos Municípios do Território Estratégico de Suape (Comsuape), bem como dos GTs (Grupos de Trabalho de Suape Global).

O objetivo é elaborar um Plano de Desenvolvimento Integrado, reunindo as necessidades e demandas das cidades para viabilização de soluções e alternativas em educação e cultura, qualificação profissional, capacitação das micro e pequenas empresas, infraestrutura e meio ambiente.

* Agência Trabalhista de Notícias com informações da Secom Cabo de Santo Agostinho