Prefeitura de Cabo inicia 2011 com oferta de programas de qualificação

PTB Notícias 1/01/2011, 17:57


A Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho, administrada pelo petebista Lula Cabral, inicia o ano de 2011 cheio de projetos para a qualificação profissional de mão-de-obra cabense em diversas áreas, frutos de parcerias entre os governos municipal, estadual e federal.

As datas para as inscrições ainda não estão definidas, mas a previsão é que iniciem entre janeiro e fevereiro, assim como a execução de alguns dos programas.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Alex Gomes, a qualificação profissional é bastante importante no contexto econômico atual, pois facilita a inserção da população no mundo do trabalho.

“Diante de todo esse crescimento econômico, a visão que nos inspira é tornar o município do Cabo um lugar melhor para se viver”, explicou ele.

.

As opções são muitas.

Entre elas, há a segunda etapa do Acreditar, um programa de qualificação profissional continuada, numa parceria entre a Prefeitura, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, e o Consórcio Conest/Renest, que visa qualificar e inserir mais de 140 cabenses no mercado de trabalho, nas funções de eletricista, encanador, montador industrial e soldador.

Outra opção é o Planseq Petróleo e Gás Natural, cujo Plano Setorial de Qualificação capacitará 680 cabenses nas áreas da construção civil, nas funções de pedreiro, carpinteiro, armador e encarregado de obras civis.

A parceria é da Prefeitura do Cabo (através da SMDE) com o Governo Federal, Governo do Estado e a Petrobras.

Em área semelhante há também o Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás (Prominp) que atuará na qualificação de 2800 cabenses nas funções de caldeireiro, isolador, lixador, montador de andaimes, soldador de estrutura e soldador de tubulação.

Há ainda o Projovem Trabalhador, uma parceria com o Ministério do Trabalho e Emprego, que visa promover a criação de oportunidades de trabalho, emprego e renda para 2030 jovens em situação de maior vulnerabilidade frente ao mundo do trabalho.

Isso através da qualificação sócio-profissional em 07 arcos ocupacionais: mecânica de motores, petróleo e gás, construção e reparos, logística, turismo e hospitalidade, beleza e estética e vestuário.

E para facilitar o acesso a tais qualificações, há o Reforço de Escolaridade, cujo projeto, numa parceira com o Governo do Estado e o SESI, tem como proposta oferecer oportunidades de aprendizagens em conhecimentos básicos em língua portuguesa, matemática e raciocínio lógico, para 2000 cabenses, e oportunizar a inserção dessas pessoas nos Projetos Estruturadores de Suape.

“Esse é o nosso papel, buscar e incentivar as empresas às práticas de Responsabilidade Empresarial, pois de nada adiantará todos esses investimentos, se a população cabense não estiver inserida nesse promissor mercado de trabalho”, incentivou Alex Gomes.

fonte: site da Prefeiturade Cabo de Santo Agostinho (PE)