Prefeitura de Ilhabela entrega saneamento básico em Praia Mansa

PTB Notícias 15/06/2007, 15:35


O prefeito de Ilhabela, Manoel Marcos de Jesus Ferreira (PTB/SP), juntamente com o presidente da Sagatiba, Marcos de Moraes realizou a entrega das novas instalações do saneamento básico à Comunidade Tradicional de Praia Mansa.

Esta é a primeira obra concluída, que faz parte do Projeto de responsabilidade ambiental “Bela Ilha”, patrocinado pela Sagatiba.

O evento ocorreu nesta sexta-feira (15/06) junto aos moradores da Praia Mansa e de outras Comunidades do arquipélago, onde também compareceram os dirigentes da Sagatiba; os vereadores Marcio Garcia, Nanci Peres de Araújo Zanato e Roberto Lourdes do Nascimento (Timbada); a secretária do Meio Ambiente, Maria Inês F.

Biondi; o secretário de Educação, professor Antonio Cornélio de Morais Filho e o secretário de Administração, Luiz Lobo.

Além das obras de saneamento básico, foram construídos nove banheiros distribuídos por toda a área da comunidade, que já está se beneficiando com a educação ambiental, parte do Projeto.

A próxima etapa do Bela Ilha será implementada na Ilha de Vitória e o início das obras deve ocorrer tão logo seja concedida a licença para sua realização.

O Projeto Bela Ilha tem o objetivo de levar infra-estrutura para os sistemas de água e esgoto às comunidades que não estão na área urbana do arquipélago de Ilhabela.

Essa iniciativa surgiu em uma conversa do prefeito Manoel Marcos com o empresário Marcos de Moraes, quando o prefeito falou de sua preocupação constante com os moradores das Comunidades Tradiconais de Ilhabela, quanto à falta de informação dessas populações sobre cuidados básicos de higiene e saúde, aliados à falta de saneamento e tratamento do lixo, que tem gerado a contaminação de várias nascentes utilizadas pelas Comunidades, causando um quadro problemático em relação à saúde pública.

Com investimento de R$ 3 milhões, o Bela Ilha vai beneficiar os mais de 700 moradores de 13 Comunidades do arquipélago de Ilhabela.

Além, das aulas de educação ambiental em parceria com a ONG Elementos da Natureza, de Santos, reciclagem e tratamento de lixo, o projeto prevê a implementação de saneamento básico em mais de 200 casas, implantação de sistemas de água potável e construção de banheiros com material reciclável.

A meta é devolver o esgoto para a natureza com mais de 85% de redução de carga orgânica – o padrão é de 80%.

Desde que o Projeto foi criado, em 2005, e assinado durante as festividades do aniversário da cidade de Ilhabela pelo prefeito e o presidente da Sagatiba, as equipes do Bela Ilha realizaram um detalhado levantamento técnico sobre cada uma das Comunidades que serão beneficiadas.

Os estudos arqueológicos e arquitetônicos bem como os projetos de tratamento de água e do esgoto foram tabulados e encaminhados aos órgãos competentes (DEPRN, Instituto Florestal, CETESB, IPHAN, CONDEPHAAT e DAEE) para liberação da execução do projeto.

A Prefeitura recebeu os dados do censo realizado entre os moradores, incluindo dados como acesso a escola e rede de saúde.

“A preocupação e recuperação do meio ambiente são constantes para a Sagatiba.

Além do processo de produção ser o estado da arte em termos ecológicos, com reaproveitamento de todos os resíduos gerados, a companhia busca incentivar projetos nessa área, assim como desenvolver iniciativas próprias, como é o caso do Bela Ilha”, diz o diretor de Marketing da Sagatiba, Flavio StandinkPara o prefeito Manoel Marcos o Projeto Bela Ilha é um presente inestimável para os moradores das Comunidades Tradicionais de Ilhabela, e vem de encontro com as expectativas de sua administração, no que se refere a preservação do Meio Ambiente e ao bem estar da população.

Sobre a Sagatiba – A Sagatiba S.

A, criada em 2004, desenvolve a cachaça Premium com alto grau de pureza e baixa acidez.

Para conquistar os mercados brasileiro e internacional, a Sagatiba investiu em tecnologia, qualidade e posicionamento de marca.

Unir tecnologia e modernidade com a tradição de quase 500 anos da cachaça foi outro passo importante da companhia.

Sagatiba é a única empresa que produz pelo processo de multidestilação.

Dessa maneira, os componentes da bebida – aldeídos, ésteres, acidez e álcool superiores, podem ser separados e controlados individualmente, com precisão.

Todo o processo de produção é ambientalmente responsável, incluindo a energia consumida que é derivada do vapor gerado pela queima do bagaço de cana.

Agência Trabalhista de Notícias