Prefeitura de Juiz de Fora lança projeto de aleitamento materno

PTB Notícias 31/07/2006, 17:15


A Prefeitura de Juiz de Fora/MG, lançou hoje (31/7) o projeto “Amamentar da Barriga da Mãe aos Primeiros Passos”, iniciando a XIV Semana Mundial do Aleitamento Materno, que acontecerá entre os dias 1 e 7 de agosto.

O prefeito Alberto Bejani (PTB/MG) assinará o convênio na próxima quarta-feira, 02 de agosto, juntamente com a superintendente da Associação Municipal de Apoio Comunitário (AMAC), Vanessa Bejani, e da secretária de Saúde, Saneamento e Desenvolvimento Ambiental, Nininha Soares.

O evento contará ainda com a presença do gestor geral da Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano, João Aprígio Guerra de Almeida.

Um dos principais objetivos do projeto “Amamentar da barriga da mãe aos primeiros passos” é evitar o desmame precoce e, conseqüentemente, reduzir internações de crianças menores de dois anos, com diagnóstico de diarréia, pneumonia, infecções respiratórias e outras doenças, que podem ser evitadas com a amamentação correta.

A proposta é implantar no município o Cartão de Amamentação e, com ele, acompanhar a gestação, preparando a mulher para a chegada do bebê.

Com esta medida, Juiz de Fora é o primeiro município do país a criar o cartão de amamentação.

O trabalho ainda inclui o acompanhamento do período neonatal, avaliando possíveis intercorrências com a lactação, até chegar à época própria para desmame e início da alimentação complementar.

“O leite materno é fonte natural dos nutrientes que o bebê precisa para crescer forte e se defender das doenças.

Incentivando a amamentação, estamos colaborando para que nossas crianças tenham saúde para brincar, aprender e se desenvolver”, afirma a superintendente da AMAC, Vanessa Loçasso Bejani.

Criado na primeira administração do prefeito Alberto Bejani, o Banco de Leite contabiliza quase 150 mil atendimentos.

Ao longo deste período, vem desenvolvendo um trabalho de valorização e incentivo ao aleitamento materno, transformando-se em referência nacional.

No Banco de Leite, o leite humano é coletado, pasteurizado, armazenado e distribuído, gratuitamente, mediante prescrição médica, para bebês prematuros internados nas UTIs neonatais dos hospitais.

Ao mesmo tempo, as mães são incentivadas à saudável prática da amamentação e à doação.

Agência Trabalhista de Notícias (com informações da prefeitura municipal de Juiz de Fora/MG)