Prefeitura de Laranjeiras (SE) presta assistência às vitimas da chuva

PTB Notícias 15/04/2010, 7:56


Famílias desalojadas em Laranjeiras (SE) estão recebendo assistência da Prefeitura Municipal, administrada pela petebista Ione Sobral, desde a última semana, quando houve um volume grande de chuva.

De acordo com dados oficiais da Defesa Civil municipal, na cidade, 60 famílias tiveram que deixar as suas casas e foram transferidas, principalmente, para casas de parentes.

O problema, segundo a Prefeitura, foi ocasionado por conta da infraestrutura precária das ruas e falha na drenagem ao longo dos anos.

Por conta deste período chuvoso, a Defesa Civil municipal vem trabalhando de forma intensiva nas principais áreas de risco; Quintalé, Pastora, Bom Jesus, Gameleiro, Pedra Branca e no complexo onde estão localizados os principais conjuntos habitacionais (Manoel do Prado Franco, José Franco, Albano Franco, João Sapateiro, Omero Diniz, Paulo Hagembeck e Mutirão).

Os representantes do órgão vêm fazendo as visitas e monitorando estas áreas, no intuito de amenizar o sofrimento da população.

Em alguns casos, as famílias já tiveram que deixar as residências, por medidas de segurança.

“Ao longo dos anos, a população de Laranjeiras vem sendo penalizada com a chuva por conta da infraestrutura precária das ruas e falhas no sistema de drenagem.

Nesta administração, a prefeita Ione Sobral tem tentado angariar recursos junto a outras esferas de Governo para corrigir de forma definitiva estes problemas, mas, por enquanto, isso não tem chegado e todas as vezes que chove, tomamos medidas paliativas para amenizar o sofrimento das famílias vitimizadas”, disse a secretária geral do município, Mônica Sobral.

Por conta da chuva que tem atingindo Laranjeiras nos últimos dias, o acesso principal da cidade está fechado.

Para chegar ao município, é preciso desviar pela estrada de acesso às indústrias ou pelo povoado Pedra Branca.

“No último final de semana tivemos problemas com a tubulação localizada na entrada principal da cidade, por conta das obras do viaduto que está sendo construído.

Por este motivo, fomos orientados a bloquear este acesso, para a execução das obras de desentupimento da tubulação”, acrescentou a secretária.

* Agência Trabalhista de Notícias com informações do Portal Sergipe em Destaque