Prefeitura de Presidente Prudente oferece primeira oportunidade de emprego

PTB Notícias 26/04/2010, 11:38


Preparar jovens e adultos com idades entre 14 e 24 anos assistidos por entidades sociais sediadas em Presidente Prudente, e oferecer a eles a primeira oportunidade de trabalho, de forma com que se familiarizem com o ambiente profissional e conheçam mais sobre as políticas de governo.

Esta é a principal proposta do Programa Jovem Aprendiz, instituído pelo prefeito Milton Carlos de Mello “Tupã” (PTB), através da lei nº 6932 de 2009.

Desde que foi colocado em prática, a Prefeitura conta hoje com 35 jovens aprendizes desempenhando funções em pastas e departamentos municipais ligados ao Paço Municipal Florivaldo Leal.

De acordo com o secretário municipal de Administração Alberico Bezerra de Lima, a intenção é aumentar este quadro futuramente “de acordo com a disponibilidade orçamentária do poder público municipal e necessidade das secretarias”.

É que cada um deles é remunerado financeiramente, cujos valores têm variação líquida de R$ 325,00 a um salário mínimo, hoje em R$ 510,00.

“Pela qualidade dos serviços prestados por aqueles que compõem o quadro atual, nossa meta é será sempre atender o máximo possível de jovens aprendizes”, adianta o secretário.

Segundo Lima, antes do prefeito Tupã sancionar a legislação municipal, há mais de 20 anos a Prefeitura não mantinha convênio com entidades neste sentido.

Hoje, frisa ele, são parceiras na empreitada a Fundação Mirim, Casa do Pequeno Trabalhador e o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE).

“Dos 35 jovens aprendizes, 15 são da Casa, 15 do CIEE e cinco da Fundação Mirim”, detalha ele.

“Todos são contratados para trabalhar por um ano, mas dependendo do empenho do jovem, este prazo pode ser prorrogável por mais um ano”, acrescenta.

O objetivo do Jovem Aprendiz, ainda segundo o secretário, é oferecer àqueles que nunca tiveram experiência no mercado de trabalho, oportunidade de desempenharem tarefas relacionadas a políticas de governo.

“Todos que empregamos hoje foram encaminhados por estas instituições, porque se mostraram preparados para atuarem no mercado profissional, durante a capacitação que recebem em cada uma dessas unidades.

Eles desempenham tarefas que está ao alcance deles e por isso a Prefeitura direciona funcionários mais capacitados para desempenharam funções consideradas mais importantes e complexas”, explica, salientando que a frequência escolar, bem como o histórico dos jovens nas escolas, também são acompanhados e levados em consideração pela administração municipal.

“Além disso, o programa também dá oportunidade para adultos que já estão cursando a faculdade, oferecendo a eles a oportunidade de executarem na prática os ensinamentos transmitidos em salas de aula”, completa o secretário de Administração.

Na Prefeitura, lembra ele, os jovens aprendizes auxiliam os trabalhos nas secretarias de Finanças, Planejamento, Desenvolvimento Urbano e Habitação, Assessoria de Imprensa, Departamento de Protocolo, setor de tributação, entre outros.

“Muitos deles poderiam estar na rua.

Mas não.

Através do programa estão trabalhando, sendo remunerados por isso e ajudando a família em casa.

Essa é a preocupação do prefeito Tupã.

Dar oportunidades ao jovem, tanto que também pretende criar a Coordenadoria Municipal da Juventude”, encerra.

Prefeitura de Presidente Prudente