Prefeitura de Rio Pardo reforma estradas para escoar a safra

PTB Notícias 19/03/2007, 11:03


Deixar as estradas do interior em boas condições de tráfego para o escoamento da safra.

Esse é o objetivo do Plano Emergencial de Escoamento da Safra (PES), lançado pela Prefeitura de Rio Pardo – administrada pelo petebista Joni Rocha (RS).

O objetivo da medida é garantir o transporte da produção agrícola do interior sem causar prejuízos aos produtores e aos responsáveis pelo frete.

De acordo com o secretário municipal de Obras, Joel Lisboa da Rocha, trata-se de uma ação emergencial para deixar as estradas do interior em perfeitas condições para o escoamento da produção.

“Rio Pardo tem, em toda a sua extensão, 2,3 mil quilômetros de estradas municipais não pavimentadas, que são responsáveis pelo transporte de toda a safra que sai das propriedades de pequeno, médio e grande porte.

São estradas que precisam estar em bom estado para garantir que a produção chegue ao destino sem causar prejuízos para ninguém”, salientou o secretário.

Para isso, várias equipes estão atuando em diferentes pontos do município com patrolamento, limpeza de bueiros e roçadas na faixa de domínio público.

Joel destacou que o trabalho de melhoramento das vias inclui também os corredores de acesso a algumas propriedades.

“São acessos que estão em situação precária e precisam estar em bom estado, pois é a saída de várias propriedades”, explicou.

A primeira equipe iniciou a operação pelo distrito de Rincão Del Rey, onde toda a extensão das vias, incluindo o desvio do pedágio na localidade de Taquarizinho, foi recuperada.

“Nossa preocupação é com as chuvas, que acabam prejudicando a ação.

Além do maquinário não poder trabalhar, há uma destruição natural do trabalho realizado, pois a água provoca a abertura de novos buracos”, disse.

A próxima etapa do trabalho, segundo o secretário de Obras, será a recuperação das estradas nos distritos Albardão e Passo do Adão.

“Após seguiremos para os distritos de Iruí, Capão do Valo, Bexiga, Passo da Areia e Passo da Taquara”, antecipou.

“Será uma seqüência de atividades em que vamos atingir toda a extensão de nossas vias municipais.

” A preocupação do governo é qualificar as estradas para o produtor.

“Nosso município tem sua economia baseada na produção agrícola.

Precisamos dar condições para que o produtor não tenha prejuízos ao transportar o resultado de seu trabalho”, reiterou o prefeito Joni Rocha.

Agência Trabalhista de Notícias (com informações da Gazeta do Sul)