Prefeitura de Santo André amplia em quase duas horas o atendimento

PTB Notícias 29/12/2010, 8:29


Com foco na melhoria da qualidade dos serviços prestados, a Prefeitura de Santo André, administrada por Aidan Ravin (PTB), amplia, a partir de 3 de janeiro de 2011, o horário de funcionamento da Praça de Atendimento ao Munícipe, que passará das 8h às 18h para 7h às 18h45, de segunda a sexta-feira.

O objetivo é atender às demandas da melhor forma possível, de acordo com o Secretário de Administração e Modernização, Milton Barreiro.

“O munícipe é a razão de ser do nosso trabalho, bem como a orientação do nosso prefeito Aidan Ravin (PTB) de respeito ao cidadão andreense.

Portanto, é condição primeira que prestemos um atendimento à altura daqueles que buscam nossos serviços”, enfatiza.

O reforço de novos integrantes à equipe da Praça de Atendimento ao Munícipe proporcionará ganhos à população.

O principal é a redução do tempo de espera, segundo a Assistente de Direção e Coordenação de Modernização Administrativa, Marinelsi Sartori Rodrigues.

Por meio da ampliação do horário de atendimento, a meta é diminuir o tempo de espera para cerca de 12 minutos.

“Esperamos alcançar essa média ainda no primeiro semestre”, ressalta Marinelsi.

Marinelsi explica que, na primeira fase de implantação do novo horário, os novos funcionários irão passar por processo de treinamento e, por isso, assumirão efetivamente seus postos assim que estiverem capacitados.

“Qualificar e capacitar bem a equipe é essencial, pois queremos oferecer mais qualidade, cortesia e conforto aos andreenses”, conclui.

A Assistente de Direção acrescentou ainda que o munícipe ganhará em termos de tempo.

“Como o atendimento será ampliado, as pessoas terão mais opções de horários para solicitar serviços e obter orientações junto à Praça”, diz.

A Praça de Atendimento ao Munícipe, localizada no piso térreo 1 do Prédio Executivo, atende aproximadamente 1 mil pessoas por dia.

Apesar da mudança do horário semanal, o atendimento aos sábados permanecerá o mesmo, das 8h às 13h.

* Agência Trabalhista de Notícias com informações do Jornal ABC Repórter