Prefeitura de São Caetano (SP) lança escola de trânsito para as crianças

PTB Notícias 7/04/2012, 7:46


O Espaço Vivencial de Mobilidade Urbana, que faz parte da gama de programas educacionais da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) da Prefeitura de São Caetano do Sul (SP), foi inaugurado na última semana.

Localizado na sede da pasta (Avenida Conselheiro Antonio Prado, 250, Centro), é composto por ações integradas relacionadas à área, voltadas para alunos, pais, familiares, professores e comunidade.

O novo projeto é uma verdadeira escola de trânsito que busca a junção de valores inerentes ao desenvolvimento sustentável em todos os aspectos do ensino, tendo como pilar a Mobilidade Urbana.

“Esta escolinha de trânsito nos proporciona a oportunidade para uma mudança de cultura dos alunos, visando lá na frente um mundo de paz nas ruas.

Dou meus parabéns para a nossa Secretaria de Mobilidade Urbana, comandada pelo sempre competente Iliomar Darronqui”, destacou o prefeito José Auricchio Júnior (PTB) durante o evento.

A opinião do chefe do Executivo sobre o novo espaço, que leva o nome de Vandir Della Negra, foi corroborada pela assessora especial da Coordenação da Ação Social da Prefeitura, Regina Maura Zetone (PTB).

“É um marco na introdução da cultura da paz e contra a violência no município de São Caetano, principalmente no trânsito.

A tríade educação, esporte e família fará de nossa cidade o município mais promissor deste País”, afirmou.

“Interagir com o espaço urbano e aprender a viver com qualidade foi o principal objetivo da Semob quando criou esse projeto, voltado a atender crianças entre 3 e 6 anos”, explicou Iliomar Darronqui, titular da pasta municipal de Mobilidade Urbana.

O Espaço Vivencial foi decorado pelo artista plástico Aleksandro Reis, da cidade, com temas sobre mobilidade urbana e sustentabilidade.

O artista trabalhou em seus painéis a trilogia do trânsito: engenharia, educação e fiscalização.

Também focou a importância do transporte público, com ônibus urbanos, transportes não motorizados, táxis, segurança no transporte escolar, mobilidade reduzida, entre outros.

“O objetivo geral é fazer com que a criança entenda as diversas formas do ir e vir com segurança, associadas a conceitos como inclusão social e sustentabilidade.

É uma área dedicada a estudar formas para melhorar o trânsito de todos nós.

A criança deve entender a cidade e discutir soluções para o crescimento urbano com qualidade”, destaca Darronqui.

O cenário do local consiste num espaço onde a criança aprenderá cada elemento do trânsito e mobilidade sendo um agente multiplicador entre o movimento dos veículos, a escola e a família.

“Tratar do tema mobilidade pelo centro de interesse do homem, e não pela perspectiva da máquina, demonstrando todas as inter-relações que ele oferece.

Esta é a nossa proposta no Espaço Vivencial”, observou a diretora de transportes da Semob, Cristina Baddini Lucas.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Portal Super Olho