Presidente Cristiane Brasil condena a violência contra a mulher

PTB Notícias 7/03/2015, 9:04


Neste 8 de março, em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, a presidente nacional do PTB e deputada federal, Cristiane Brasil destaca, em artigo, a questão da violência contra a mulher e sobre a lei que qualifica como “feminicídio” o assassinato de mulheres pela simples condição de serem mulheres.

Confira abaixo o artigo na íntegra: Bom dia, meu Brasil.

Como vocês sabem, estamos na Semana da Mulher, pois no dia 8 de março, comemora-se o seu dia.

É tempo de lembrar um assunto de grande importância: a luta para erradicar a violência contra a mulher em nosso país.

Infelizmente, as mulheres são alvo de diversos tipos de violência, desde o assédio verbal até a morte.

De acordo com uma pesquisa realizada com a Organização das Nações Unidas (ONU), “uma em cada três mulheres é maltratada e coagida a manter relações sexuais, ou submetida a outros abusos.

Entre 30% e 60% das mulheres que já tiveram um parceiro sofreram alguma violência física ou sexual por parte do companheiro, e 48% das meninas jovens com idades entre 10 e 24 anos afirmam ter tido suas primeiras relações sexuais sob coação”.

Como já falei com vocês, esta semana a Câmara aprovou o PL 8305/14 do Senado Federal, que altera o Código Penal e inclui o “feminicídio” na lista de homicídios qualificados.

O “feminicídio” vem complementar o que traz a Lei nº 11.

340/2006 que é conhecida por “Lei Maria da Penha”, ou seja, aqueles crimes praticados por razões de gênero, principalmente quando houver violência doméstica ou familiar, violência sexual, mutilação da vítima ou emprego de tortura vão ter o agravamento da pena, que vai passar de 12 a 30 anos de reclusão.

Não existem justificativas para agressão contra a mulher, muitas sofrem caladas.

Vença o medo, a denúncia é a sua arma contra isso tudo, portanto, procure a delegacia da mulher ou ligue para o 180, que é o número de serviço telefônico criado pela Secretária de Políticas para as mulheres que sofrem algum tipo de violência.

Convido a todas as mulheres a exporem os seus agressores, ergam suas vozes, passem por cima dos preconceitos e façam valer seus direitos como mulher, vocês não estão sozinhas nesta luta.

Cristiane BrasilAgência Trabalhista de Notícias (LL), com informações da assessoria da presidente nacional do PTB e deputada federal, Cristiane Brasil Foto: Divulgação/Assessoria