Presidente do PMDB critica veto do Palácio a projeto de Mozarildo

PTB Notícias 17/11/2013, 12:27


O senador Valdir Raupp, presidente do PMDB, criticou o veto presidencial ao PLS 92/2002, de autoria do senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR), que regulamentaria a criação, fusão e desmembramento de municípios.

O senador se declarou desagradavelmente surpreso com o veto total ao projeto por parte da presidente Dilma Rousseff.

“A frustração foi enorme.

Eu sou favorável às emancipações.

Só é contra quem nunca morou num distrito que se emancipou”, disse o senador Valdir Raupp.

A presidente Dilma Rousseff vetou integralmente Projeto de Lei Complementar do Senado (PLS-Comp) 98/2002, que regulamentava a criação de municípios.

A proposta, do senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR), foi aprovada no Plenário do Senado no dia 16 de outubro.

No despacho presidencial ao Congresso, publicado na última quinta-feira (14/11/2013) no Diário Oficial da União, Dilma diz que a proposta contraria “o interesse público”.

O projeto de Mozarildo Cavalcanti foi devolvido ao presidente do Congresso, Renan Calheiros (PMDB-AL), que agora deverá colocar o veto de Dilma para a análise dos deputados e senadores.

Se os parlamentares mantiverem sua posição favorável ao projeto de Mozarildo, o veto pode ser derrubado.

Agência Trabalhista de Notícias (ELM)