Presidente do PTB de Cuiabá empossa presidente do MJT

PTB Notícias 27/04/2007, 10:11


O presidente do PTB de Cuiabá, deputado estadual Chico Galindo (MT), deu posse, na noite desta quarta-feira (25/04), a Emanuel Amoui Pinheiro, o “Lilo”, como presidente Regional do PTB Jovem.

Cerca de 150 pessoas estiveram na Assembléia Legislativa para a cerimônia.

Lilo assume com o compromisso de resgatar a militância jovem no estado e lançar novos nomes para a próxima eleição.

No encontro, Galindo fez questão de lembrar o difícil momento pelo qual a política passa e a surpresa por ver tantos jovens interessados em militar na causa do partido.

“É uma tarefa difícil porque a política está em baixa.

Mas são esses momentos difíceis que nós temos que superar.

Fico muito feliz e satisfeito hoje em ver todos esses jovens porque vejo que o PTB está no caminho certo”, afirmou o deputado.

Em seu discurso, Lilo – que já foi candidato a vereador – lembrou de seu tio, o já falecido deputado estadual Emanuel Pinheiro Primo, como responsável pela veia política da sua família, e de seu pai, Pinheirinho, que também foi deputado estadual.

“Dizem que entrei na política porque meu pai quer.

Não é verdade.

Tem uma grande diferença entre entrar na política porque meu pai quer e entrar na política com a ajuda do meu pai”, ressaltou o jovem petebista.

A defesa dos direitos trabalhistas, principal discurso do PTB, foi outro ponto defendido pelo presidente, assim como a defesa do partido e de seus membros: “Quero contribuir com companheirismo, não vou deixar companheiro na estrada.

Ninguém vai desmoralizar ou rebaixar o PTB”.

“É muito bom ver quando a pessoa se emociona falando de política e ver jovens falando de política séria.

O PTB que estamos construindo é o partido que apresentou os projetos de residência médica e da bolsa universitária”, lembrou o deputado Galindo ao fim do evento e lançando um desafio aos presentes: “Nós precisamos agora de um PTB Mulher tão forte quanto o PTB Jovem”.

Agência Trabalhista de Notícias (com informações do Jornal Documento)