Presidente do PTB diz que inserções tratarão do financiamento público

PTB Notícias 25/05/2011, 20:07


Ao discursar no encerramento da reunião da Executiva Nacional do PTB, na tarde desta quarta-feira (25/05/2011), em Brasília, o Presidente Nacional do PTB, Roberto Jefferson, anunciou que irão ao ar nas televisões de todo o País, nesta quinta, as inserções de propaganda do partido.

Segundo Jefferson, o partido possui cinco minutos em rede nacional, divididos em inserções de 30 segundos ou um minuto.

O Presidente do PTB salientou que as inserções abordarão o tema da reforma política, e inicialmente a tese do financiamento público de campanha.

“Vão ao ar nesta quinta as peças de propaganda do PTB, e nelas começaremos a mostrar que nosso partido tem posições claras em relação à reforma política.

O primeiro assunto que abordaremos, o financiamento público de campanha, é uma tese sobre a qual somos contra.

Entendemos que estabelecer o financiamento público é tirar dinheiro da saúde, da educação, do saneamento básico, é estatizar o processo eleitoral e os partidos políticos.

Vão tirar o pão da boca do eleitor para financiar eleição de deputado, de senador, de prefeito, e o que é pior: essa medida não vai acabar com o caixa dois”, alertou o Presidente do PTB.

Em seu discurso, Roberto Jefferson elogiou o prefeito de Belém, Duciomar Costa, por seu protesto contra a situação da saúde pública no País.

O Presidente do PTB elogiou a coragem do prefeito em expor a situação, segundo ele, a mesma que mais de 90% dos municípios brasileiros enfrentam, e disse que Congresso tinha que rediscutir o funcionamento do Sistema Único de Saúde (SUS).

“O Palácio do Planalto e o Congresso precisam voltar seus olhos e atenções para os problemas enfrentados pelos municípios brasileiros, como na saúde, em que as prefeituras acabam pagando a conta do descaso federal e estadual com o setor.

É preciso sim rediscutir não apenas um novo pacto federativo, com a redistribuição dos recursos da União, mas também a funcionalidade do SUS, que está acabando com os hospitais públicos.

Nós do Diretório Nacional estamos com os prefeitos, e queremos fazer este debate da reforma tributária.

Já pedi pro nosso vice-prefeito de Salvador, Edvaldo Brito, para organizar um seminário neste sentido, em que instalaremos uma mesa de debate com senadores, deputados, prefeitos, vereadores, secretários estaduais, para podermos extair uma posição fechada do partido sobre este tema de interesse nacional e do PTB.

Aqui, no nosso partido, ninguém corre de grito, e ninguém corre de tempestade”, finalizou o Presidente do PTB.

Agência Trabalhista de Notícias (ELM)