Presidente do PTB felicita aos petebistas pelo aniversário do partido

PTB Notícias 15/05/2007, 17:34


Amigas e amigos petebistas.

Há 62 anos, no dia 15 de maio de 1945, era fundado o Partido Trabalhista Brasileiro.

Idealizado pelo então presidente Getúlio Vargas, o PTB nasceu como uma agremiação voltada para a defesa dos trabalhadores, um partido que encarnasse as lutas dos grandes centros, das grandes cidades, das cidades industrializadas.

Mas ao fundar o PTB, Getúlio queria também um partido que não tivesse visão muito conservadora, tal qual o então PSD, e nem um discurso mais agressivo, de confronto, como fazia a UDN.

Tampouco Vargas queria um partido de esquerda marxista, como era o então surgido Partido Comunista.

Em 1945, o PTB nasceu para ser uma alternativa ao Partido Comunista e ao socialismo que, naquela época, conquistavam alguns países no mundo.

E passados 62 anos, essa tem sido a trajetória do PTB: um partido mais ligado aos trabalhadores, com pensamento voltado para a área social.

O Partido Trabalhista Brasileiro não é um partido ideológico, um partido marxista ou socialista.

Nossa defesa da causa do trabalhador não provoca conflitos nem luta de classes, não açula ódios, não aprofunda ressentimentos.

Pelo contrário, entendemos que as conquistas são feitas, no regime democrático, por meio da negociação, e não com a supressão das liberdades.

Quando se rouba do homem o direito de sonhar, de empresariar, de construir a livre iniciativa, tira-se dele a capacidade de operar, matando, assim, sua liberdade.

Muitos se rebelam contra isso.

Para mim, a liberdade é bem supremo e fundamental.

Aliás, Thomas Jefferson, numa carta a John Adams, os pais da pátria americana, já dizia que todo homem tem direito à vida, à liberdade e à procura da felicidade.

O Partido Trabalhista Brasileiro tem esse sentimento.

Buscamos a preservação da vida, a valorização do homem, a liberdade e a felicidade.

E cá estamos nós, nesses 62 anos, levando adiante a obra de Getúlio Vargas.

O PTB é um partido de centro.

Estamos crescendo porque não nos situamos só no centro.

Ora temos postura um pouco mais à direita, ora mais à esquerda.

Mas somos um partido de centro que dialoga, trabalha, cresce, agrega.

Estabelecemos nossas diretrizes e firmamos as decisões partidárias ouvindo nossos senadores, nossos deputados federais, nossos deputados estaduais, nossos prefeitos, nossos vereadores, nossos militantes.

Aliás, nesse ano em que comemorarmos 62 anos de vida, ultrapassamos a marca de um milhão de filiados.

Amigas e amigos petebistas, temos feito tudo para honrar as tradições do partido e as conquistas do passado.

Estamos levando à frente a bandeira e o discurso do consenso, do bom senso, da serenidade e da paz.

Construímos com amor, que é a construção mais importante, sem ódio, pregação de revolução ou conflito.

Nossa postura é de equilíbrio e bom senso, com o firme propósito de trabalhar pelo crescimento do País.

Por isso homenageamos nesse dia 15 de maio o nosso criador, e a partir da idéia de Getúlio Vargas sobre o que deveria ser o PTB, reafirmamos nossa condição histórica de sermos o verdadeiro partido de defesa do patrimônio do trabalhador brasileiro.