Presidente do PTB Mulher comanda o encontro “Café com Prosa”, no Rio

PTB Notícias 24/09/2009, 11:37


A Presidente Nacional do PTB Mulher, Cristiane Brasil, comandou, nesta quarta-feira (23/9), mais um “Café com Prosa”, no escritório regional do partido, no Rio de Janeiro.

Cerca de 30 pessoas, homens e mulheres, se reuniram para conhecer as propostas do movimento e para confraternizar, ao som de muita política de qualidade.

Cristiane abriu o encontro falando um pouco sobre a história da democracia no País, que, lembrou, se entrelaça com a própria história do PTB.

“O Brasil conhece o regime democrático pleno há muito pouco tempo.

Essa transformação social, que nos possibilitou falar abertamente sobre política, é recente.

Todos nós lembramos ou, pelo menos, estudamos na escola, que, durante a ditadura, reuniões como essa não aconteceriam”, analisou.

Cristiane foi além, expondo que o PTB foi o partido mais prejudicado pela ditadura: “Nossos militantes foram expulsos do País.

Éramos o partido mais forte do Brasil na época, por conta de todo o legado da Era Vargas, então, nos tornamos visados.

Fomos realmente perseguidos e sofremos um grande desmonte ideológico”.

No intuito de contribuir para o processo de resgate do discurso político, não só dentro do partido, mas com a sociedade como um todo, a Presidente falou sobre a iniciativa do PTB Mulher de lançar um concurso de monografias com ênfase no público jovem.

“Queremos estimular os estudantes universitários, que estão aprendendo a pensar e a produzir intelectualmente.

Acabar com o ranço da ditadura de que a política é assunto proibido.

Tenho certeza de que, assim, vamos conseguir identificar novas lideranças e atraí-las para o partido”, comentou.

Segundo Cristiane, o discurso daqueles que dizem não gostar de política não é legítimo.

Ela explicou que a política faz parte das atitudes cotidianas das pessoas, já que está intimamente ligada às relações de poder.

“Portanto, podemos dizer que o relacionamento com nossos filhos é político”, exemplificou.

Seguindo este raciocínio, Cristiane fez um convite aos presentes: “Vamos discutir essas relações de poder, entender como elas funcionam, como participamos delas e como podemos, através delas, contribuir para o nosso crescimento pessoal e para o crescimento coletivo, do País”.

A importância histórica da mulher também foi tema abordado por Cristiane, que citou a Princesa Isabel como uma das principais figuras femininas na política brasileira.

“Ela foi criada para ser rainha e, de fato, comandou o País por diversas vezes”, expôs, lembrando um discurso de seu pai, Roberto Jefferson, Presidente Nacional do PTB, de que o futuro da política passa, inevitavelmente, pelas mulheres.

“Meu pai abraçou a causa do PTB Mulher e a minha intenção é fortalecer o movimento nacionalmente”.

Para concluir, Cristiane citou, mais uma vez, que, na estrutura de um partido existem diferentes tipos de tarefas a serem cumpridas, desde o trabalho na linha de frente, com as candidaturas, aos serviços internos, burocráticos e administrativos.

“Estamos crescendo e teremos espaços a serem ocupados em todos os níveis.

Eu chamo vocês, então, para promovermos uma discussão estrutural sobre o trabalho político-partidário.

Vamos formar técnicas, profissionais especializadas nisso e, para darmos o pontapé inicial basta apenas vontade”, encerrou.

fonte: Assessoria de Imprensa da Secretaria de Envelhecimento Saudável e Qualidade de Vida da Prefeitura do Rio de Janeiro – RJ