Presidente Prudente prevê arrecadação de R$ 28,5 milhões com IPTU

PTB Notícias 29/12/2011, 14:44


Exatos R$ 28,5 milhões.

Esta é a projeção de arrecadação da Prefeitura de Presidente Prudente (SP), administrada por Milton Carlos de Mello, o Tupã (PTB), com o IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) 2012, cujos carnês estão previstos para começarem a serem distribuídos a partir da segunda quinzena de janeiro.

Prefeitura emitirá 102.

861 carnês do IPTU em janeiroAlém da projeção financeira divulgada pela Secretaria Municipal de Finanças, nessa quarta-feira (28/12) a Seplan (Secretaria Municipal de Planejamento, Desenvolvimento Urbano e Habitação) divulgou também o total de talonários emitidos.

No total, eles somam 102.

861, sendo que 83.

632 são para proprietários de imóveis prediais e outros 19.

229 para donos de imóveis territoriais.

“A arrecadação prevista incluí além do tributo propriamente dito, as taxas de combate a incêndio e coleta de lixo, além de iluminação pública no caso de terrenos baldios”, adianta o secretário da pasta, Laércio Batista de Alcântara.

No comparativo com 2011, a quantidade de carnê é pouca, representa apenas 1,12% a mais que o total emitido naquele ano, quando 101.

712 carnês foram totalizados.

Já a projeção em termos de arrecadação é maior quando comparada à prevista inicialmente para o atual exercício.

Representa 18,67%, já que a estimativa referente a 2011 era de R$ 24.

014.

539,29.

Apesar disso, o secretário municipal de Finanças, Cadmo Lupércio Garcia, explica que neste ano as expectativas foram superadas porque muitos contribuintes também acabaram quitando dívidas atrasadas referentes ao imposto.

“Até hoje, 28 de dezembro, a arrecadação com esse tributo foi de R$ 25.

243.

887,10.

E como só falta mais um dia, certamente deve fechar próximo a esse valor”, comenta.

O chefe da Seplan reforça que assim como em todos os anos, os talonários serão distribuídos via Correios a partir do próximo mês, uma vez que os vencimentos já começam a partir de 10 de fevereiro.

“A cidade é dividida em 18 setores, daí o fato dos vencimentos começarem a partir do dia 10 para quem mora na região central, e prosseguir até o dia 28.

Nesse período, todos os dias há vencimentos de acordo com os setores”, explica Alcântara.

A informação é ratificada pelo secretário de Finanças.

O trabalho em torno do IPTU envolve além da Seplan e da Finanças, a pasta de Tecnologia da Informação.

Por enquanto, a Setec finaliza o trabalho de geração eletrônica dos carnês.

Após isso, eles serão impressos em gráfica.

Depois, retornam para a Secretaria de Finanças, que por sua vez irá despachá-los aos Correios para que então a distribuição possa começar.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Portal GN Informa