Presidente Roberto Jefferson e bancada do PTB dão boas-vindas aos futuros deputados federais

Agência Trabalhista de Notícias - 31/10/2018, 18:10

Crédito: João Ricardo/Liderança do PTB na Câmara

Imagem

A bancada do PTB na Câmara dos Deputados recebeu, na noite desta terça-feira (30), os 10 deputados federais eleitos pelo partido nas eleições de 2018, que assumirão os mandatos a partir de fevereiro de 2019.

Durante o encontro – conduzido pelo líder Jovair Arantes (GO), com a presença do presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson – os parlamentes mais antigos na Casa destacaram a importância de os futuros deputados manterem a união da bancada e do partido nas decisões a serem tomadas nos próximos anos.

“A bancada sempre foi unida, e o partido sempre apoiou as deliberações da bancada”, ressaltou Jovair, ao dar as boas-vindas aos novos deputados. “Recebemos vocês de braços abertos. Ficaremos na retaguarda, para contribuir com o conhecimento que adquirimos ao longo dos anos de trabalho parlamentar”, continuou o deputado de Goiás, que lidera o PTB na Câmara há 12 anos consecutivos.

Protagonismo

Jovair Arantes lembrou que, em sua gestão, sempre conduziu a bancada com o objetivo de fazer com que o PTB fosse protagonista nos acontecimentos da Casa. “Tivemos a capacidade de nos organizar de forma a sempre participar das decisões tomadas na Câmara, porque sempre antecipamos os problemas”, contou.

O líder petebista também recomendou aos futuros deputados que busquem resolver as divergências que venham a ocorrer por meio do diálogo e do consenso. “A disputa é salutar, mas pode deixar sequelas”, ponderou.

Deputados eleitos

Todos os deputados eleitos participaram do encontro: Eduardo Costa (PA), Emanuelzinho (MT), Luísa Canziani (PR), Marcelo Moraes (RS), Maurício Dziedricki (RS), Paulo Bengtson (PA), Pedro Bezerra (CE), Pedro Lucas Fernandes (MA) e Wilson Santiago (PB). O deputado Nivaldo Albuquerque (AL), que exerce o atual mandato como suplente, foi reeleito para a Legislatura 2019-2022.

Gratidão

Jovair Arantes ainda manifestou sua gratidão aos deputados que deixarão a Câmara no próximo ano: Alex Canziani (PR), Benito Gama (BA), Cristiane Brasil (RJ), Deley (RJ), Jorge Côrte Real (PE), Josué Bengtson (PA), Nelson Marquezelli (SP), Nilton Capixaba (RO), Paes Landim (PI), Pedro Fernandes (MA), Ronaldo Nogueira (RS), Sabino Castelo Branco (AM), Sérgio Moraes (RS), Wilson Filho (PB) e Zeca Cavalcanti (PE).

Família

Durante a reunião, o presidente Roberto Jefferson destacou que o PTB é uma família. Uma prova disso, segundo ele, é que muitos filhos chegarão à Câmara trazidos pelos pais.

É o caso de Luísa Canziani, filha de Alex Canziani; Marcelo Mores, filho de Sérgio Moraes; Paulo Bengtson, filho de Josué Bengtson; Pedro Bezerra, filho do ex-deputado federal e atual prefeito de Juazeiro do Norte (CE), Arnon Bezerra; e Pedro Lucas Fernandes, filho de Pedro Fernandes.

Um pai também substituirá o filho: Wilson Santiago representará a Paraíba no lugar de Wilson Filho, eleito deputado estadual.

Unidade

Assim como Jovair, Roberto Jefferson destacou a boa relação entre os parlamentares e a direção do PTB.

“Procuramos construir um partido sempre com unidade e respeito mútuo, o partido respeitando a bancada e vice-versa. Não tenho o que dizer uma palavra contra a bancada. Quero ressaltar, também, que a bancada sempre encontrou no partido o apoio que buscava e necessitava”, afirmou.

Jefferson disse que pretende estreitar os laços com os novos deputados e manifestou o reconhecimento pelos deputados que finalizam seus mandatos neste ano.

“Quero agradecer, de coração, aos velhos companheiros de partido e de bancada pelo trabalho que fizeram. O partido está vivo e conta com o sangue novo dos recém-eleitos para andar para frente. Novo e experiente”, completou.

Aumento da bancada

O presidente do PTB informou que está atuando para aumentar o número de deputados federais do partido já a partir do começo do próximo ano.

“Temos que fazer um trabalho de engrossar a bancada e, para isso, conto com o apoio tanto dos deputados antigos quanto dos novos. O ideal seria que tivéssemos pelo menos 15 parlamentares na Câmara, com a adesão daqueles vindos de partidos que não atingiram a cláusula de barreira”, declarou.

Com informações da assessoria da Liderança do PTB na Câmara dos Deputados