Primeiro Arrastão do Natal Sem Fome de Batatais será realizado hoje

PTB Notícias 17/11/2007, 11:29


Coordenada pelo Fundo Social de Solidariedade, a Campanha Natal Sem Fome 2008 de Batatais terá o primeiro arrastão sendo realizado neste sábado, dia 17 de novembro.

Segundo a primeira dama, Maria Auxiliadora da Silva Romagnoli (PTB/SP), voluntários da comunidade, agentes de saúde, integrantes do Projeto Renascer, membros de entidades, atiradores do Tiro de Guerra e funcionários municipais estarão envolvidos no arrastão.

A largada será às 8 horas, após a concentração em frente ao prédio da Prefeitura.

Nesse dia serão percorridos os bairros: Castelo, Vila Maria, Vila Cruzeiro, Alto da Bela Vista, Jardim Elena, Riachuelo, Ouro Verde, Jardim Elisa, São Carlos, Santa Terezinha, Primavera, São José, Mariana, Centro, Santo Antônio, Altino Arantes, Dom Romeu, Adolfo Penholato, Jardim Virgínia e Cana Verde.

“As famílias são chamadas a doar alimentos não perecíveis como arroz, feijão, macarrão, óleo entre outros”, disse Dorinha.

No sábado seguinte, dia 24, as equipes de voluntários percorrerão o Jardim Anselmo Testa, São Francisco, Jardim Santa Luiza, Santa Rita, Simara, Nossa Senhora Auxiliadora, Jorge Nazar, Joaquim Marinheiro, Potreiro, Vila Lídia, Central Park, Semieli, Antônio Romagnoli, Nova Alvorada e Francisco Pupim.

A presidente do Fundo Social fez questão de destacar o espírito de solidariedade dos empresários batataenses.

“Estamos percorrendo as empresas e recepção por parte dos empresários é muito boa”, frisou.

Além dos arrastões e da colaboração dos empresários a campanha também conta com o envolvimento dos alunos de todas as escolas do município que ao doarem alimentos não perecíveis recebem cupons para concorrer a prêmios doados pelo comércio.

Para a distribuição das Cestas de Natal o critério é o mesmo adotado no ano passado quando entidades e Secretaria Municipal da Família, Criança e Bem Estar Social formalizam o cadastro único para atendimento do maior número de famílias carentes possível sem que ocorram duplicidades.

Agência Trabalhista de Notícias