Principais jornais do Piauí destacam Encontro Nacional do PTB em Teresina

PTB Notícias 29/03/2008, 18:47


Os principais jornais do Estado do Piauí publicaram em suas edições deste sábado (29/3) matérias referentes ao Encontro Nacional do PTB em Teresina, realizado nesta sexta-feira.

Leia abaixo as matérias publicadas nos jornais Meio Norte, Diário do Povo e O Dia.

JORNAL MEIO NORTEJefferson troca apoio agora por vaga em 2010O presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, lançou ontem a candidatura do senador João Vicente Claudino, presidente estadual da sigla, ao governo do Estado.

A solenidade foi no refeitório da Guadalajara.

Afirmou que política se faz olhando para o futuro, e fez convite ao PSDB para compor essa chapa em 2010, não dando muita importância à participação petista nesse projeto.

Mas não descartou a possibilidade de apoiar o atual governador Wellington Dias (PT) no caso de uma dobradinha com o deputado federal Frank Aguiar para o Senado.

“Política se constrói olhando pra frente, não para o passado.

E estamos construindo 2010 nestas eleições municipais de 2008″, afirmou o ex-deputado federal Roberto Jefferson, durante o almoço de comemoração da marca de 1 milhão de filiados ao partido em todo o Brasil.

Para ele, a sucessão de Wellington Dias (PT) já é um projeto definido.

Pretensão é eleger 500 prefeitos em todo o paísSegundo Jefferson, foi estabelecido uma meta nacional no PTB para elegermos 500 prefeitos em todo o país.

“Além disso, 2.

500 vereadores.

E tenho certeza de que vamos fazer 20% dessa meta só aqui no Piauí.

Vamos fazer mais de 100 prefeitos sob a liderança do senador João Vicente”, declarou.

Apesar da meta ousada, Jefferson justificou o fato de não lançar uma candidatura própria em Teresina e continuar apoiando o prefeito Sílvio Mendes, do PSDB.

“Você sacrifica um dedo e ganha a mão.

Eu olho bem para o Lula.

Ele perdeu um dedo para se tornar o presidente do Brasil.

O que eu vejo é que é melhor nos unirmos ao PSDB agora nas eleições municipais na capital para conquistar o governo do Estado nas eleições de 2010″, explicou.

Na visão de Roberto Jefferson, em 2010, os 8 anos de governo petista serão passado.

Questionado se haveria coerência entre o fato do PTB ser um partido da base e sua postura pessoal crítica ao governo, foi curto e direto: “Já viu política coerente?”.

Mas apesar disso, não teria problemas em apoiar o nome do atual governador do Estado, Wellington Dias, para o Senado, caso ele aceite participar de uma chapa em que, provavelmente, estaria também o deputado federal Frank Aguiar.

“Quem não vai gostar disso é o Heráclito Fortes e o Mão Santa”, brincou.

(M.

M.

) PTB se coloca ao lado dos grandes partidosA marca de 1 milhão de filiados em todo o Brasil, de acordo com Roberto Jefferson, coloca o PTB no hall dos maiores partidos do país, ao lado de PMDB, PT, PSDB e PDT.

“O Piauí deu ao PTB uma alegria incomensurável.

Foram as 30 mil filiações que o senador João Vicente Claudino promoveu que nos fizeram atingir a marca de 1 milhão de filiados”, disse.

E o filiado número “um milhão” é Juvenal Barros da Costa e foi escolhido para representar o trabalhador brasileiro.

Nascido no Ceará, mora no Piauí há mais de 50 anos e trabalha no Grupo Claudino desde 1968.

Aliás, agrada a Jefferson o fato do PTB ter em seus quadros de filiados, um grande número de pessoas do setor privado, principalmente empresários.

“São os empresários que botam o Brasil para funcionar.

Eu queria ter um João Vicente Claudino no PTB de cada Estado do país”, disse.

Roberto Jefferson, que teve seu mandato cassado em setembro de 2005, perdeu seus direitos políticos por oito anos, mas diz que vai construir o PTB até 2015.

Até lá, ele acredita que seja possível emplacar um governador na Presidência da República e um ex-presidente num governo de Estado.

Fez o convite a Aécio Neves, governador de Minas Gerais, para trocar o PSDB pelo PTB e disputar a sucessão de Lula.

JORNAL DIÁRIO DO POVOPresidente do PTB diz que Lula abandonou o PiauíO presidente do PTB Roberto Jefferson disse, em Teresina, que o presidente Luis Inácio Lula da Silva abandonou o Piauí.

Ele lamentou que o presidente não tem feito investimentos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) no Estado e na capital.

Roberto Jefferson disse que o avião em que ele vinha não pôde pousar em Teresina porque o aeroporto não tem ILS (aparelho para pousos por instrumentos), não tem escoamento de águas pluviais na capital e falta infra-estrutura.

Roberto Jefferson participou ontem de Encontro Nacional do PTB no Complexo Joca Claudino, em Teresina.

“O presidente faz o PAC no Brasil todo e está abandonando o Piauí, aqui, onde tem um governador dele.

Ele tinha que casar isso e fazer investimentos no Piauí.

Por isso, nós do PTB, temos independência para cobrar o Governo Federal”, adiantou Roberto Jefferson.

“Mas é assim mesmo, geralmente este pessoal faz isso.

Ajusta as coisas com os de fora e não protege os de casa.

Em casa, o melhor filho não é o que tem mais atenção da mãe, é o que dá mais trabalho”, ironizou o presidente do PTB.

O Piauí está ficando esquecido.

“Aqui, as águas pluviais não têm escoamento.

Vimos nas ruas, durante a chuva, que não tem escoamento e que as pessoas andam com água no joelho.

Se não andássemos em caminhonetes não teríamos chegado.

O povo na rua está todo molhado e com água no joelho, porque não tem por onde a água correr.

Isso é um problema do Governo Federal que não está investindo recursos do PAC em Teresina e nem no Piauí”, assinalou Roberto Jefferson.

Segundo ele, o PAC existe para isso, para fazer saneamento, infra-estrutura.

“Como pode um aeroporto destes, importante, não ter capacidade para pousar uma aeronave em dia de chuva? Porque em Teresina não se pousa avião por instrumento? Tem que ter investimento do PAC para isso”, enfatizou.

Roberto Jefferson lamentou que o governador Wellington Dias, mesmo sendo petista, tem poucos recursos do Governo Federal para fazer obras de infra-estrutura.

(LC)Evento nacional lança João Vicente candidato a governador em 2010Durante o encontro nacional do PTB em Teresina, o presidente nacional do partido, Roberto Jefferson, lançou o nome do senador João Vicente Claudino, como candidato a governador em 2010.

O senador ainda está reticente quanto a esta discussão, mas o empresário João Claudino Fernandes, pai do senador, disse que dá carta branca para a candidatura de João Vicente.

“O pai sempre vai proteger o filho.

Se o povo quiser, se tiver este chamamento, vamos.

O conselho do pai é trabalhar com dedicação.

Se o povo quiser, ele vai”, comentou o empresário.

Segundo Roberto Jefferson, João Vicente Claudino construiu um poderoso partido no Estado.

“Eu tenho teimado com ele para ser candidato a governador.

Vamos ter candidatos em vários estados.

Vamos crescer muito no Piauí, em Alagoas, no Amazonas, em São Paulo e no Rio Grande do Sul.

Hoje temos 21 deputados federais e sete senadores.

Queremos fazer uma bancada de oito senadores e 35 deputados federais.

Eu queria ter um João Vicente Claudino em cada estado do Brasil”.

O presidente estabeleceu uma meta de eleger 500 prefeitos e 2,5 mil vereadores no Brasil.

Ele afirmou que somente no Piauí serão atingidos 20% desta meta.

“O PTB está crescendo nos municípios e se estabelecendo.

No Piauí vamos eleger mais de 100 prefeitos.

A nossa meta nacional será cumprida.

E isso é um preparativo ainda para as próximas eleições gerais, onde teremos que fazer alguns ajustes”, comentou.

Roberto Jefferson frisou que às vezes tem que sacrificar um dedo para ganhar a mão.

“Não foi assim com o presidente? O Lula perdeu um dedo e agora é presidente.

Ele perdeu o dedo e ganhou o corpo.

Negociamos tudo com bom senso.

Nossa intenção é conquistar o governo em 2010.

E o senador João Vicente Claudino é nosso candidato a governador”, assinalou.

Ele completou dizendo que o PTB tem crescimento localizado para crescer no todo.

“Primeiro vamos crescer nos municípios, depois teremos o crescimento nacional”, declarou Roberto Jefferson.

O PTB alcançou um milhão de filiados no Piauí e a intenção do partido é não perder a sintonia com o povo, com a opinião pública.

(LC) JORNAL O DIAJefferson defende Wellington Dias no Senado em 2010Depois de lançar a candidatura do senador João Vicente Claudino ao Governo do Piauí ontem foi à vez do presidente nacional do PTB, ex-deputado federal Roberto Jefferson, defender o nome do governador Wellington Dias (PT) para ocupar uma vaga no Senado Federal daqui a dois anos.

O apoio seria uma forma de retribuir a aliança que resultou na eleição de JVC em 2006.

Ele participou do encontro do partido que comemorou um milhão de filiados no Brasil.

A festa petebista aconteceu no Complexo Joca Claudino.

“Queremos apoiar Wellington para senador, numa dobradinha com o deputado Frank Aguiar.

O João Vicente é o nosso candidato a governador aqui no Piauí”, afirmou o presidente, destacando que o PTB vai batalhar também para eleger os governadores do Rio Grande do Sul e Alagoas, este último possivelmente terá o senador Fernando Collor de Melo como candidato.

O parlamentar alagoano era esperado em Teresina para o evento, mas em virtude do mau tempo em Brasília não embarcou para o Piauí.

Com a filiação de um milhão, realizada no Piauí, Roberto Jefferson disse que seu partido entra para a lista das cinco maiores siglas partidárias do país.

O PT, PSDB, PDT e o PMDB encabeçam o ranking de filiados.

“O Piauí deu uma alegria incomensurável ao PTB.

Com as 30 mil filiações que o PTB fez no Piauí nos últimos três meses nós chegamos à marca de um milhão.

Estamos aqui para comemorar essa conquista do PTB no Piauí e Brasil”, festejou.

Ainda no clima de euforia, o presidente afirmou que o Piauí elegerá 20% dos 500 prefeitos que o PTB quer eleger este ano no Brasil.

“Vamos eleger mais de cem prefeitos sob a liderança do João Vicente Claudino”, comentou, destacando que é meta do partido eleger 2500 vereadores em todo o país.

Sobre a sucessão presidencial, Jefferson parece já ter escolhido seu candidato, embora deixe transparecer um carinho especial pela ministra da Casa Civil, Dilma Roussef.

Trata-se do governador de Minas Gerais (PSDB), Aécio Neves, que inclusive recebeu convite para se filiar ao PTB.

“Aécio tem toda chance de ser o presidente do Brasil.

Essa é a oportunidade dele.

Sobre a Dilma, é uma pessoa honrada e eu não vejo nenhum problema em apoiá-la.

Ela foi quem corrigiu os problemas do governo Lula”, finalizou.

O senador João Vicente Claudino agradeceu a escolha do presidente do seu partido a iniciativa de realizar a festa de 1 milhão no Piauí.

“Para nós é uma alegria muito grande”, comentou.

Autoridades de vários partidos foram prestigiar o encontro do PTB.

Marcaram presença no complexo Joca Claudino os deputados estaduais João Mádison (PMDB), Edson Ferreira, Juraci Leite, Fernando Monteiro, todos do DEM; o secretário de administração do município, Freitas Neto; os deputados federais B.

Sá (PSB) e Frank Aguiar, além de dezenas de vereadores e prefeitos.