Projeto de Arnaldo Faria de Sá dá status de profissão à capoeira

PTB Notícias 7/06/2007, 0:20


A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara, presidida pelo deputado Nelson Marquezelli, do PTB de São Paulo, participou, nesta semana, de reunião conjunta com a Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio para discutir o ISPS Code – Código Internacional para Proteção de Navios e Instalações Portuárias.

Estavam presentes na mesa o Presidente da Comissão de Trabalho, deputado Nelson Marquezelli, o presidente da Comissão de Desenvolvimento Econômico, Deputado Wellington Fagundes, o Diretor Geral da ANTAQ (Agência Nacional de Transportes Aquaviários), Fernando Antônio Brito Fialho e o Diretor do Departamento de Transportes Aquaviários do Ministério dos Transportes, Paulo de Tarso Carneiro.

Ainda nesta semana, foi aprovado pela Comissão, o Projeto de Lei nº 7.

150/02, do deputado petebista Arnaldo Faria de Sá, que dispõe sobre o reconhecimento da atividade de capoeira.

“A preservação desse patrimônio cultural depende do reconhecimento como profissão e da dignidade de sua prática.

Assim, além de garantir o status de profissão à capoeira, asseguramos ao capoeirista o tratamento de atleta profissional, obviamente quando exerce atividade remunerada”, argumenta Arnaldo Faria de Sá.

O PL foi aprovado por unanimidade, seguindo parecer favorável do relator, deputado Jovair Arantes (PTB-GO).

Agora segue para apreciação na Câmara dos Deputados.

Agência Trabalhista de Notícias (com informações da Comissão de Trabalho) (https://correio2.

senado.

gov.

br/exchweb/bin/redir.

asp?URL=http://ctasponline.

blogspot.

com/2007/06/aprovado-pl-que-d-status-de-profisso.

html” target=”_blank) Aprovado PL que dá status de profissão à capoeira.