Projeto de lei de Luiz Marinho institui vacinação ocupacional nas empresas

PTB Notícias 3/06/2013, 16:55


Projeto de lei do deputado estadual Luiz Marinho (PTB) quer tornar obrigatória a vacinação ocupacional em campanhas públicas nas empresas com 100 funcionários ou mais em Mato Grosso.

“A imunização pode proporcionar aos funcionários mais saúde e qualidade de vida, além de aumentar a produtividade no trabalho, por meio da redução nos níveis de absenteísmo”, afirma o parlamentar.

A vacinação reduz em média 25,2% o absenteísmo (falta ao trabalho), 25% a 43% nos dias de trabalho perdidos por causa da gripe, 25% o uso de antibióticos, 32% a 44% nas visitas ao médico.

Entre os benefícios da campanha estão a redução da morbidade e da mortalidade, manutenção da saúde, maior satisfação no trabalho, vida familiar e social, promovendo uma vida mais saudável e feliz.

Estima-se que 10% a 20% da população mundial apresente pelo menos um episódio de gripe a cada ano.

Os benefícios da vacina contra gripe nos adultos saudáveis em idade produtiva têm sido ressaltados no que concerne a redução do absenteísmo e da necessidade de visitas médicas.

A vacinação dos funcionários de empresas contra a gripe, o tétano e as hepatites tem sido alvo de grande interesse nas últimas décadas.

De acordo com Marinho, para garantir a saúde de uma empresa, é preciso mais do que ações mercadológicas.

Um ambiente saudável e a aplicação de programa de saúde garantem maior satisfação por parte dos colaboradores e maior produtividade, além de ajudar a diminuir, consideravelmente, o risco de faltas ao trabalho e presença não produtiva.

É de responsabilidade da Secretaria Estadual de Saúde fornecer vacinas gratuitas durante o período de campanha de vacinação aos funcionários de empresas que possuem mais de 100 profissionais trabalhando.

Durante o período de vacinação, a Secretaria disponibilizará profissionais da área de saúde e dos Programas de Saúde da Família até os locais de trabalho.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da assessoria do deputado Luiz Marinho (PTB-MT)Foto: Widson Maradona