Projeto de Luiz Marinho reforça necessidade de creche da Assembleia de MT

PTB Notícias 18/09/2013, 18:00


Projeto apresentado em plenário pelo deputado Luiz Marinho (PTB) dispõe sobre a criação e a implantação de uma creche na Assembleia Legislativa, a “Creche-Escola do Legislativo Mato-grossense”.

De acordo com o projeto, a Creche-Escola manterá um núcleo de berçário e educação infantil para oferecer serviços por meio de uma empresa especializada, visando assim um atendimento seguro e confortável aos filhos e dependentes dos servidores da Casa com idades entre quatro meses a cinco anos.

Fica então denominada de Pequena Sementinha Berçário e Educação Infantil, Creche Escola para os filhos dos servidores que ficará subordinada à Mesa Diretora.

Caberá à Mesa estabelecer normas e regulamentos para o fiel comprimento do seu objetivo.

Para tanto, conforme o projeto, a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa nomeará uma Comissão Especial, denominada “Conselho Consultivo da Creche-Escola”, que será representada pelas mães, deputadas e esposas dos deputados e servidoras do Legislativo para elaborar e implantar um plano de metas e objetivos a serem alcançados para a creche bem como acompanhar a execução das obras de implantação.

No que diz respeito ao seu funcionamento de forma qualitativa, o projeto autoriza a Casa a firmar convênios com outros poderes, entidades de classe, universidades, organizações governamentais e não governamentais.

O objetivo principal é aperfeiçoar a prestação de serviços, propondo soluções mais satisfatórias para os usuários (as), da Creche-escola e para a administração da Assembleia Legislativa, além de reestruturar o atendimento oferecido às crianças na creche em conjunto com o acompanhamento sistematizado pelo Conselho.

Em sua justificativa o deputado afirma que o projeto visa apresentar um estudo e elaboração básica para implantação da creche para os filhos (as), e dependentes dos servidores ativos do Legislativo Mato-grossense, “com a finalidade de conhecer a realidade dos serviços prestados por Escolas-Creches especializadas, foram realizadas pesquisas em outros órgãos e ainda visitas in loco onde foram coletados dados e informações para subsidiar esse projeto”.

Agência Trabalhista de Notícias (FM), com informações da Assembleia Legislativa de Mato GrossoFoto: Vilson de Jesus/Assembleia Legislativa de Mato Grosso