Projeto de Manoel Ferreira prevê fim da figura do suplente biônico

PTB Notícias 17/09/2007, 11:40


Já está tramitando na Câmara dos Deputados o projeto (PL 142/07) de autoria do deputado petebista Pastor Manoel Ferreira, do Rio de Janeiro, que prevê o fim da figura do senador suplente.

Pelo projeto, o suplente de senador só poderia assumir o cargo se tivesse recebido votação popular.

“Eu proponho que aqueles que vão ficar na suplência de senador sejam o primeiro e o segundo mais votados da coligação.

No momento em que haja vacância e o suplente vá assumir o mandato, ele terá o respaldo popular de ter passado pelo crivo das urnas e do voto popular”, afirmou o deputado Pastor Manoel Ferreira.

O projeto ainda está em discussão nas comissões permanentes da Câmara.

Se for aprovado, irá ao Plenário da Câmara.

Pela legislação atual, o suplente de senador é escolhido pelo candidato majoritário, e assume o cargo sem ter recebido nenhum voto do eleitor.

A proposição do deputado Pastor Manoel Ferreira prevê que o senador será o primeiro colocado na eleição, o primeiro suplente o segundo mais votado, e o segundo suplente o terceiro colocado nas urnas.

Agência Trabalhista de Notícias