Projeto de Marcelo Santos destina verba de gabinete para inclusão social

PTB Notícias 31/07/2007, 9:24


O deputado estadual petebista Marcelo Santos está propondo a criação de 100 vagas de estágio remunerado na Assembléia Legislativa do Espírito Santo, para serem preenchidas por jovens em situação de risco social e egressos do Instituto de Atendimento Sócio-Educativo do Espírito Santo – IASES.

A medida do deputado petebista visa dar oportunidades de inclusão ao mercado de trabalho aos jovens carentes, afastando-os da criminalidade.

Se aprovado o projeto, serão criadas 50 vagas para alunos da rede pública em situação de risco social e 50 vagas para adolescentes que já cumpriram internação sócio-educativa, isto é, já tiveram passagem pelo IASES.

“Não podemos apenas aplicar a pena aos menores infratores, sem dar a condição de ressocialização”, justificou o deputado.

Os recursos para a criação das vagas deverão sair da verba economizada pela Mesa Diretora na diminuição das cotas de gabinete.

“A Assembléia já deu um grande passo, aclamado pela população, que é a redução de gastos.

Precisamos agora melhor empregar esses recursos economizados, de forma a atender as demandas da sociedade.

Uma delas é a inclusão social”, justificou o deputado Marcelo Santos.

De acordo com o projeto de Marcelo Santos, não serão admitidos no programa estagiários com grau de parentesco com deputados estaduais ou servidores públicos da Assembléia Legislativa do Espírito Santo.

O projeto fixa ainda o valor de bolsa de complementação educacional dos estagiários em R$ 320,00.

“Obviamente, temos muito que fazer para superar o problema de desemprego e de formação profissional da juventude.

Mesmo não sendo a total solução do problema, esta é uma iniciativa que vai contribuir para minimizar a sua intensidade e democratizar as oportunidades para a nossa juventude”, afirmou o deputado do PTB do Espírito Santo.

fonte: Assessoria de Imprensa do Deputado Marcelo Santos (PTB/ES)