Projeto de Parisotto proíbe venda de bebidas alcóolicas em estádios

PTB Notícias 30/05/2007, 10:57


O presidente do PTB catarinense, deputado estadual Narcizo Parisotto, apresentou na Assembléia Legislativa de Santa Catarina um Projeto de Lei que proíbe a venda, distribuição e utilização de bebidas alcoólicas e hastes ou suportes de bandeiras no interior de estádios de futebol, ginásios de esportes e congêneres públicos.

Parisotto explica que a intenção é reduzir os casos de violência que, por vezes, eclodem entre as torcidas nos estádios de futebol, bem como em outras situações do mesmo gênero.

“Este é um problema que se torna cada vez mais freqüente e suas conseqüências, além de significarem dor e perda para as famílias das pessoas vitimadas, acarretam também um importante ônus social, causado pelo temor e sentimento de insegurança que inspiram o que leva muitas pessoas a simplesmente abandonarem o hábito de ir aos estádios para divertir-se, externando num grande ritual coletivo, o carinho pelo seu time e seu amor pelo futebol”, comenta o deputado.

Pesquisas indicam que a violência nos estádios é responsável por 79% da decisão – entre os torcedores – de não mais freqüentarem os estádios.

Este fenômeno, além de uma limitação aos direitos do cidadão ao lazer, prejudica também os clubes de futebol.

O petebista lembra que, em Belo Horizonte, foi adotada uma postura semelhante no estádio Mineirão, por recomendação do Ministério Público do Estado de Minas Gerais.

“Este não é, contudo, um problema de fácil solução.

O combate eficaz à violência nos estádios requer principalmente o aumento dos efetivos de policiamento e o aperfeiçoamento dos procedimentos de segurança nos estádios, bem como a melhoria do conforto que os mesmos oferecem aos torcedores”, justifica o parlamentar.

A proposição está tramitando na Comissão de Constituição e Justiça da Assembléia Legislativa de Santa Catarina.

Agência Trabalhista de Notícias