Prudente adere ao Projovem Trabalhador para qualificar jovens ao mercado

PTB Notícias 18/01/2012, 7:41


Mais um passo é dado em Presidente Prudente (SP) com o objetivo de possibilitar a qualificação profissional de jovens, de modo a inseri-los no mercado de trabalho.

É que o prefeito Milton Carlos de Mello “Tupã” (PTB) assinou termo de adesão ao Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Projovem), na modalidade Trabalhador – Juventude Cidadã, do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

De acordo com o assessor municipal de Juventude, Juliano Borges, a pretensão por meio da empreitada é contemplar num primeiro momento cerca de 300 jovens com idades entre 18 e 29 anos, visando qualificá-los e capacitá-los para o mercado de trabalho.

“O primeiro passo já foi dado.

Agora o município entra num processo de espera e articulações políticas junto ao ministério para viabilizar ainda neste ano o programa em Prudente”, adianta.

Ele explica que a modalidade Projovem Trabalhador visa contemplar especificamente àqueles que estejam em situação de desemprego e sejam membros de famílias com renda mensal per capita de até um salário mínimo.

Na prática, são jovens que em razão de suas condições sócio-econômicas têm maior dificuldade de inserção na atividade produtiva.

“Por isso, o programa prevê ainda bolsa-auxílio no valor de R$ 100,00 durante um período de seis meses, e mais qualificação profisisonal de 350 horas/aula, sendo 100 horas/aula de qualificação social e 250 horas/aula de qualificação profisisonal”, enfatiza, lembrando ainda que só podem participar àqueles que estejam cursando ou tenham concluído os ensinos fundamental ou médio.

O principal objetivo do programa do qual Prudente fez adesão é promover a criação de oportunidades de trabalho, emprego e renda para os jovens, por meio da qualificação sócio-profissional e com vistas à inserção deles na atividade produtiva.

Estão entre outras metas também, as pretensões de promover ações que contribuam para o reconhecimento e valorização dos direitos humanos, e de preparar e inserir os jovens no mercado, em ocupações com vínculo empregatício ou em outras atividades produtivas legais geradoras de renda.

“No termo de adesão assinado pelo prefeito, o município se compromete a executar os planos de implementação do Projovem Trabalhador, zelando pela boa qualidade das ações e serviços prestados; a promover a criação de oportunidades de trabalho, emprego e renda para os jovens em situação de vulnerabilidade; e acompanhar cada beneficiário mediante registro mensal de frequência no sistema disponibilizado pelo MTE”, cita o assessor de Juventude.

Vale lembrar que além desta pretendida, Prudente já conta com outras duas modalidades do mesmo programa, sendo elas o Projovem Urbano, gerenciado pela Secretaria Municipal de Educação (Seduc), e o Projovem Adolescente, gerenciado pelo Lar Santa Filomena numa parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social (SAS).

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Portal da Prefeitura de Presidente Prudente