PTB desiste de candidatura própria e anuncia apoio ao PT em Pernambuco

PTB Notícias 13/06/2006, 13:35


Pré-candidato ao governo de Pernambuco pela Frente Trabalhista, o presidente da Confederação Nacional da Indústria, Armando Monteiro Neto (PTB-PE), desistiu da disputa e anunciou ontem seu apoio ao ex-ministro Humberto Costa, que também pretende disputar o Palácio do Campo das Princesas.

Ele justificou que entendeu não haver espaço no estado para uma campanha alternativa, uma vez que, mesmo antes das convenções, a disputa já está se mostrando polarizada, como é a tradição em Pernambuco.

O governador Mendonça Filho (PFL) buscará a reeleição.

– Tínhamos uma proposta administrativa nova para Pernambuco, e pensávamos em quebrar a polarização ideológica que sempre marcou as eleições no estado.

Mas não tenho dúvida de que nesta eleição o quadro vai permanecer, e insistir na minha candidatura seria expor os meus companheiros ao sacrifício – justificou o deputado, na reunião que oficializou o apoio e contou com a presença do prefeito da capital, João Paulo Lima e Silva (PT).

Escolha do nome do vice em retribuição ao apoio Ontem mesmo, Costa assumiu um compromisso público para retribuir o mais novo apoio à sua candidatura: disse que o seu vice será indicado pelo presidente da CNI.

Integrada pelo PTB, pelo PDT e pelo PMN, a Frente Trabalhista tem dez deputados estaduais, quatro federais, 30 prefeitos e pelo menos 300 vereadores.

Monteiro Neto comprometeu-se a apoiar qualquer que seja o candidato das oposições ao governo do estado no segundo turno, seja ele o petista ou o socialista: é candidato, pelo PSB, o também ex-ministro Eduardo Campos.

– Estou abdicando da candidatura, embora a nossa frente trabalhista não esteja desfeita.

É uma construção que não está interrompida.

Jornal O Globo