PTB do Distrito Federal lança pré-candidatura de Alírio Neto ao Palácio do Buriti

Agência Trabalhista de Notícias - 8/03/2018, 13:18

Crédito: Divulgação

Imagem

Em um evento repleto de figuras do meio político e representantes de sindicatos da segurança pública, o PTB do Distrito Federal lançou, na quarta-feira (7), a pré-candidatura do ex-presidente da Câmara Legislativa do DF Alírio Neto ao Palácio do Buriti. Presidente regional do partido, Alírio trabalha na construção de uma frente de centro-direita, em oposição ao governador Rodrigo Rollemberg (PSB).

Em meio ao racha do grupo político com raízes nas gestões de José Roberto Arruda e Joaquim Roriz, o petebista Alírio Neto garantiu que a pré-candidatura trata-se de uma opção, e não imposição. “Venho para somar. A iniciativa não é algo com intransigência, mas com história de construção de pontes. Queremos todos unidos, mas temos o direito de colocar nossos nomes para o debate”, frisou.

O presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, não compareceu ao evento, devido ao falecimento do sogro. Ainda assim, gravou um vídeo para assegurar o apoio da legenda à campanha de Alírio. “Foi uma candidatura trabalhada em meu gabinete. Vou fazer total esforço e me dedicar para vencermos. Alírio tem à disposição o apoio e a estrutura do PTB nacional”, garantiu.

Presente no evento, ocorrido no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), a deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) engrossou o coro. “Vim para reforçar a fala do meu pai. Alírio será nosso candidato e governador do Distrito Federal”, afirmou. O primeiro-secretário Jurídico do PTB, Luiz Gustavo Pereira da Cunha, também prestigiou o encontro.

Nomes importantes da política de Brasília estiveram na solenidade, como o ex-vice-governador Paulo Octávio (PP); o vice-governador Renato Santana (PSD); os deputados federais Rogério Rosso (PSD) e Izalci Lucas (PSDB); os distritais Raimundo Ribeiro (PPS), Wellington Luiz (MDB), Cláudio Abrantes (sem partido) e Joe Valle (PDT); a ex-distrital Eliana Pedrosa (Podemos); o senador Hélio José (Pros); e o presidente regional do PRB, Wanderley Tavares.

Projeções

Além de prestarem homenagens a Alírio Neto, os políticos usaram o espaço para fazer projeções acerca da corrida eleitoral, garantir que continuam no páreo e criticar o governador Rodrigo Rollemberg.

Após o desembarque da base governista em novembro passado, o vice-governador Renato Santana subiu o tom e afirmou que tomaria um novo lado na disputa eleitoral para “corrigir o erro de 2014”. Apesar de presidir um partido que compõe o governo, Wanderley Tavares acentuou que o PRB caminhará ao lado de Alírio Neto, condição que sinaliza o desembarque da base aliada a Rollemberg.

O ex-vice-governador Paulo Octávio, que postula um cargo majoritário, abordou as possíveis composições e lembrou que não é possível prever as coligações, mas afirmou que Alírio “tem condições de governar com competência”. Todos eles apontaram a necessidade de união da direita para a construção de uma oposição sólida.

Com informações do blog CB Poder e do jornal Correio Braziliense