PTB do Espírito Santo promove encontro estadual e quer lançar candidaturas

PTB Notícias 3/12/2007, 8:24


Com o aval da executiva nacional para conduzir as alianças políticas do processo eleitoral de 2008, a presidente do Diretório Estadual do PTB no Espírito Santo, Marília Belotti, informou neste domingo, no encontro estadual do partido, que o PTB deve apoiar a reeleição do prefeito de Vitória, João Coser (PT).

Em Cariacica, Marília disse que o partido vai estimular a candidatura a prefeito do deputado estadual petebista Marcelo Santos, com quem se reunirá hoje.

O presidente nacional da sigla, Roberto Jefferson, que participou neste domingo em Vitória do Encontro Estadual, se comprometeu até em atuar como cabo eleitoral de Marcelo, caso o deputado entre na disputa.

“Em Vitória, a tendência é nós apoiarmos Coser.

Em 2004, o PAN foi o primeiro partido a se aliar ao Coser”, disse Marília Belotti.

Ela explicou que a costura ainda não está fechada, mas esse deve ser mesmo o caminho a ser seguido na Capital.

Com a morte do ex-prefeito de Cariacica Aloízio Santos, no mês passado, seu filho Marcelo tem sido estimulado por lideranças petebistas e de grupos partidários ligados aos dois a entrar na corrida pelo comando do Executivo local.

“Sou extremamente partidária.

Se Marcelo representa o bom candidato para o partido, certamente vamos apoiá-lo.

Queremos lançar o maior o número possível de candidatos a prefeito em 2008″, afirmou Marília.

Ela avalia que, dos 78 municípios capixabas, o PTB conseguirá eleger de 8 a 10 prefeitos.

Roberto Jefferson lembrou que conviveu com Aloízio quando ele era deputado federal, e avaliou que Marcelo deve seguir o caminho e legado político do pai.

Jefferson voltou a afirmar que a executiva estadual tem carta branca para decidir sobre as costura de alianças, e isso inclui o PT.

Já Marcelo Santos diz que ainda está refletindo sobre o assunto.

“Estou discutindo isso.

Estou em processo de amadurecimento das idéias.

O encontro com Marília vai oficializar a intenção do PTB em me lançar candidato”, informou.

Marcelo disse ainda que, além do PSDB, partido no qual seu pai era filiado e do PTB, seu grupo político é formado por PTN, PRP e PTC.

Apesar da pressão que disse estar sofrendo, o petebista informou que só deve bater o martelo quanto ao seu rumo político em janeiro.

E em clima de articulações políticas para as eleições do ano que vem, o encontro do PTB capixaba contou com as presenças dos deputados federais Neucimar Fraga (PR) e Carlos Manato (PDT).

Os presidentes regionais do PP, o ex-deputado Nilton Baiano, e do PDT, Sérgio Vidigal, além de lideranças do PRP, PDT, PSL e PSDC, também marcaram presença no encontro, realizado durante a manhã de domingo na Assembléia Legislativa do Espírito Santo.

fonte: Jornal A Gazeta (ES)