PTB do PI espera que PT mantenha ética e aliança, declara Elizeu Aguiar

PTB Notícias 27/06/2012, 6:39


“Romper com o PTB é rasgar o próprio regimento interno”.

Foi neste tom que o presidente do diretório municipal do PTB de Teresina, Elizeu Aguiar, falou sobre a ruptura do PT com o prefeito Elmano Férrer com vistas às eleições 2012.

A aliança entre os dois já havia sido selada após longas discussões entre a direção estadual e municipal do PT.

Porém, um novo fato muda os rumos do pleito que ocorre dia 7 de outubro, a candidatura do senador Wellington Dias.

Para Elizeu Aguiar, o PT é grande e fez uma aliança acordada entre todos os seus membros, seguindo o que determina seu próprio estatuto e regimento interno.

“Não tinha porque o PT querer desestabilizar agora uma candidatura consolidada (a de Elmano) com muito trabalho.

Tínhamos uma aliança com um partido e esperávamos que eles pudessem manter sua ética, sua palavra.

Romper agora ficaria muito feito, eles terão muita dificuldade para explicar toda esta mudança”, critica Elizeu Aguiar.

TRAIÇÃO Questionado se uma candidatura de Wellington Dias seria vista como traição ao PTB, Elizeu foi “escorregadio”, mas deixou evidente seu sentimento.

“Quem sou eu para julgar né, quem vai avaliar tudo isso é o povo, o eleitor.

Eles poderão definir.

No entanto, fica complicado para eles explicarem tudo isso”, reforça o petebista.

SEM VOLTA De acordo com Elizeu Aguiar, a candidatura de Elmano Férrer é algo sem volta, irreversível e acontecerá, com ou sem o PT.

“Elmano consolidou sua candidatura ao longo de sua gestão, com muito trabalho e com a participação do povo em sua administração.

Estamos tranquilos e aguardando pelo apoio do PT, que já decidiu que marchará com o prefeito Elmano”, completou Aguiar.

Agência Trabalhista de Notícias (LL) com informações do Portal 180 Graus