PTB do Rio Grande do Sul promove Seminário e discute eleições 2012

PTB Notícias 19/06/2011, 7:27


O presidente do Diretório Estadual do PTB no Rio Grande do Sul, deputado Luís Augusto Lara, defendeu neste sábado (18/06), durante o 10º Seminário Estadual de Alinhamento Estratégico do PTB gaúcho, a profissionalização da estrutura do partido e o estabelecimento do planejamento estratégico como caminho para o crescimento da sigla nas eleições municipais de 2012.

O evento, que reuniu cerca de 400 pessoas em um hotel de Porto Alegre e que contou com a presença do ex-senador Sérgio Zambiasi, teve como propósito apresentar e debater o trabalho de alinhamento estratégico de metas que o diretório gaúcho irá adotar.

O Primeiro-Secretário Geral da Executiva Nacional do PTB, Norberto Martins, esteve presente no Seminário petebista gaúcho representando o presidente nacional da legenda, Roberto Jefferson.

“Nós entendemos perfeitamente as razões do problema técnico impossível de se operar.

Mas ele (Roberto Jefferson) foi muito bem representado pelo Norberto (Martins)”, afirmou o ex-senador Sérgio Zambiasi.

“Ele é uma pessoa muito querida, acolhido no estado.

Todos aqui do PTB o apóiam alegremente pelo seu histórico, porque ele tem a responsabilidade de conduzir todos os destinos de nível nacional”, acrescentou o petebista, que disse que embora tenha deixado a vida política, vai continuar militando em prol do partido.

De acordo com o presidente do PTB-RS, Luís Augusto Lara, atualmente secretário do Trabalho e Desenvolvimento Social do estado, o plano estratégico foi feito para os anos de 2010, 2012 e 2014.

No ano passado, segundo dados de Lara, a legenda petebista atingiu a primeira, sendo ela o crescimento da bancada estadual (seis deputados) e a manutenção da federal (três).

E agora, pelo ponta-pé inicial, o 10º Seminário, o PTB gaúcho detalha as estratégias para as eleições de 2012.

“Onde os seus municípios têm que apresentar até dia 30 de setembro a nominata de vereadores da próxima eleição”, avisa Luís Augusto Lara.

“Um ano antes para que possamos chegar em 2012 em condições de disputar a eleição até mesmo se não houver coligação na proporcional.

” Atualmente, o PTB do Rio Grande do Sul tem 32 prefeitos e 260 vereadores.

“Nós queremos aumentar em 30%, para os dois cargos”, espera o líder do diretório gaúcho.

No evento, realizado no Centro de Eventos do Hotel Plaza São Rafael, Lara destacou a necessidade de reforçar as nominatas de candidatos a vereador em todos os municípios, anunciando a execução de dez encontros regionais em cidades consideradas estratégicas por todo o Estado.

“Agora é a hora das disputas municipais.

Quem não tiver estratégia clara certamente participará da estratégia de alguém”, disse o secretário do Trabalho.

Para Sérgio Zambiasi, o PTB-RS está compenetrado para sair vitorioso no certame das eleições do próximo ano.

Isso porque, como considerou ele, devido o partido no estado ter uma cultura de organizar os passos que vai dar, é por isso que vem obtendo sucesso.

“Na medida em que ele traz a sua militância, os seus líderes, para uma reunião, ele transmite esse grão de responsabilidade para todos.

Por isso, temos que trabalhar com os pés no chão”, acredita Zambiasi, que, ao final do seminário, recebeu uma moldura de quadro identificando-o como personalidade de honra do PTB-RS.

O evento contou ainda com a presença do presidente nacional da JPTB, Anderson Xavier, da segunda vice-presidente do PTB Mulher e diretora-financeira da FIGV, Marli Iglesias, dos seis deputados estaduais (Aloísio Classman, Ronaldo Santini, Marcelo Moraes, José Sperotto, Cassiá Carpes e Jurandir Maciel), dos três federais (Danrlei Hinterholz, Sérgio Moraes e Ronaldo Nogueira), os mais dois secretários (Luiz Carlos Busato e Maurício Dziedricki), além de representantes do movimento PTB Mulher do Rio Grande do Sul, de lideranças trabalhistas do estado, prefeitos, vices-prefeitos e vereadores.

Representando o diretório Metropolitano, o presidente do PTB em Porto Alegre, vereador Elói Guimarães, defendeu que todos os dirigentes e militantes se preparam desde já para a disputa do ano que vem.

É na hora da disputa nas urnas, sustentou Elói, que o partido cresce ou diminui.

“Nessas eleições, em especial, poderemos estruturar o partido em todo o Estado”, afirmou.

O líder do PTB na Assembléia Legislativa, deputado Ronaldo Santini, ressaltou a necessidade de que se apresente, no máximo a um ano da conflagração do processo eleitoral, nominata completa em todo o Estado.

O deputado estadual Cassiá Carpes sustentou a necessidade de que o partido ocupe com excelência os espaços destinados ao PTB nos governos dos quais participa.

Cassiá também defendeu a abertura de mais espaço às mulheres entre os quadros de destaque da sigla.

Para o prefeito de Alvorada, Carlos Brum, é fundamental que se mantenha como permanente o ritmo de campanha.

Brum, reconduzido ao cargo nas últimas disputas, disse manter, em média, 20 agendas de integração com a comunidade.

“Mais que pedir votos, é preciso olhar as pessoas nos olhos, conhecer de perto as suas dificuldades e estar presente nas suas vidas”, destacou.

O deputado estadual Carlos Sperotto destacou a importância das eleições do próximo ano.

Segundo ele, será mais uma oportunidade para que o partido mostre toda a sua capacidade.

O deputado federal Sérgio Moraes, atual vice-presidente e um dos fundadores do PTB no final da década de 1980, relembrou as dificuldades de superar, no início, a supremacia dos partidos então tradicionais.

Hoje, o partido é o maior de toda a região de Santa Cruz.

“No começo, ninguém acreditava nas nossas possibilidades.

Agora, é preciso crescer ainda mais”, disse.

Agência Trabalhista de Notícias, por Felipe Menezes (com site do PTB gaúcho)