PTB lança Frank Aguiar para Prefeitura de São Bernardo

PTB Notícias 18/04/2009, 10:24


O PTB é hoje, sem dúvida, um dos partidos mais fortes na região do Grande ABC, no Estado de São Paulo.

A legenda tem o comando de duas (Santo André e São Caetano) das três principais cidades da região.

Na outra (São Bernardo) ainda tem o vice-prefeito (Frank Aguiar).

Muito desse sucesso se deve a atuação política do deputado e presidente do Diretório Estadual petebista, Campos Machado.

Durante o lançamento da campanha estadual de filiação, que aconteceu na última semana na Zona Sul da Capital, Campos Machado concedeu entrevista exclusiva ao ABC Repórter.

Fez uma análise do PTB no ABC, do início do governo de Aidan Ravin em Santo André e uma revelação.

“O PTB vai disputar a Prefeitura de São Bernardo”.

O mandatário estadual petebista não hesitou em afirmar que, apesar da lealdade ao atual prefeito Luiz Marinho (PT), Frank quer ser prefeito da cidade.

“Na pior das hipóteses, ele (Frank) disputará a Prefeitura em 2016”.

A seguir os principais trechos da entrevista.

ABC REPÓRTER – Qual o objetivo desta campanha de filiação que o PTB está lançando?Campos Machado – Somos hoje o terceiro partido em filiações do estado.

Primeiro aparece o PMDB, que está em queda livre, e em segundo o PT.

Nós já conseguimos ultrapassar o PSDB.

E a noite de hoje é o pontapé inicial de uma grande campanha.

Estamos filiando o Marcelinho Carioca, o Maguila (Adilson Maguila Rodrigues, ex-pugilista), o Teodoro (da dupla sertaneja Teodoro e Sampaio), entre outros nomes famosos.

A meta é conseguir 120 mil novos filiados até dezembro.

É o primeiro passo em direção a história.

O projeto ainda inclui a abertura de 17 escritórios regionais no estado de São Paulo.

O objetivo é fazer uma aproximação entre cúpula e a base do partido.

Nestes escritórios serão oferecidos curso para candidatos a vereador e a prefeito.

Como disse recentemente o governador José Serra: “O PTB está anos luz a frente dos outros”.

ABC REPÓRTER – Qual o balanço que o senhor faz das últimas eleições?Machado – Fomos o partido que mais cresceu.

Não só em são Paulo, mas em todo País.

Elegemos no estado de São Paulo 71 prefeitos e 720 vereadores.

No País foram mais 500 prefeitos e quase 4.

000 mil vereadores.

Um crescimento vertiginoso.

No último dia 7 de março eu fui eleito secretário nacional do partido.

E são esses avanços que eu quero levar.

O PTB também criou 11 departamentos novos.

Entre eles, o de afro-descendentes, o de aposentados, de mulher e de jovem.

Mas, o mais importante foi o “PTB inter-religioso”, onde reunimos na mesma sala crenças diferentes baseados em duas palavras: amor e fé.

Eu acredito no partido.

É um sonho que comecei há 10 anos.

ABC REPÓRTER – Qual a análise que o senhor faz deste início do governo Aidan Ravin em Santo André?Machado – Eu acreditei no Aidan desde o inicio.

Eu não o conhecia, fui apresentado a ele e confiei em seu trabalho desde o início.

Eu reformulei o PTB de Santo André, fiz até intervenção no partido.

Acreditei no Aidan.

Em princípio, achei que ele podia ser um bom candidato a deputado estadual, mais depois passei a acreditar que ele seria um bom prefeito.

Grande parte dos amigos do Aidan, inclusive, queriam que ele fosse candidato a vice-prefeito e eu não permiti.

Ele é um homem correto, um médico sério e honrado.

Dizem as más línguas que o Aidan tem prazo de validade.

Eu quero dizer que ele tem sim: o prazo de validade do Aidan é 2016.

O prefeito só vai sair em 2016.

ABC REPÓRTER – E qual sua avaliação do PTB no ABC?Machado – Nós chegamos a ter os prefeitos de São Bernardo, Santo André e São Caetano.

Depois o partido caiu muito.

Agora, nós ressuscitamos na região.

Elegemos os prefeitos de São Caetano (José Auricchio Jr.

) e de Santo André, além do vice-prefeito de São Bernardo (Frank Aguiar) e de Rio Grande da Serra (Helenice Arruda).

Na próxima eleição nós vamos disputar a cabeça em São Bernardo.

É uma região importantíssima, um grande pólo industrial.

Eu estou dando toda atenção para o ABC.

A tal ponto que eu levei o Aidan para visitar o governador Jose Serra (PSDB) e nós conseguimos a liberação de R$ 200 milhões para Habitação uma AMA (Ambulatório Médico de Especialidades), um Poupatempo, além de outros recursos.

ABC REPÓRTER – E qual será o nome em São Bernardo?Machado – Eu trabalho o nome de meu afilhado de casamento: o atual vice-prefeito Frank Aguiar.

Ele tem tudo para ser o candidato a prefeito.

Embora tenha um carinho muito grande pelo prefeito Luiz Marinho (PT).

Mas, vai ter uma hora que nós vamos disputar a eleição: em 2012 ou 2016.

Ele tem lealdade com Marinho, mas eu acho que em 2016, na pior das hipóteses, o Frank disputa a Prefeitura de São Bernardo.

O ano que vem eu quero antecipar que ele é candidato a deputado federal.

Vai voltar a disputar uma cadeira em BrasíliaABC REPÓRTER – E em São Caetano?Machado – Em São Caetano o prefeito José Auricchio Jr.

é o comandante com quatro estrelas.

Ele tem toda a liberdade para construir um candidato que quiser.

Pela lealdade que ele tem comigo.

É um homem sério.

E o caráter de um homem é seu destino.

Ele é um homem de caráter.

* Fonte: Jornal ABC Repórter