PTB lidera o ranking de candidatos evangélicos

PTB Notícias 17/08/2022, 19:09


Imagem

Depois de encerradas as inscrições de candidatos pelos partidos para as eleições 2022, foi constatado pelo site Poder360 que o Brasil registrou recorde de candidaturas que usam denominações evangélicas. Segundo o site, esse grupo de candidatos cresceu 26% na comparação com 2018. A pesquisa mostrou que o PTB é o partido com mais candidatos com nomes ligados à igreja evangélica, com 47 representantes. A sigla abriu vantagem sobre o Republicanos, que somou 40, sobre o Patriota, que somou 32, e e DC, PL e PSC, com 31 candidatos cada.

Nas eleições de 2022, 520 dos nomes nas urnas serão relacionados à igreja evangélica, como aponta levantamento do Poder360. Em 10 anos, o número de candidatos com esses títulos cresceu 128%. Ao todo, 26 siglas têm candidatos nomeados com funções evangélicas, como, por exemplo, Pastor, Pastoriza, Bispo, Bispa, Missionário, Reverendo.

Os cinco partidos que menos possuem candidatos com denominações evangélicas, como não podia deixar de ser, são da esquerda: PSB, Psol, PT, PV e Rede possuem apenas dois candidatos cada com denominações evangélicas.

O PTB tem, entre esse grupo de candidatos, nomes como o do Pastor Joel Serra, que concorre a uma vaga de deputado federal pelo Rio de Janeiro. Pastor Joel Serra é o presidente do Movimento Cristão Conservador do PTB. Também no Rio de Janeiro concorrem, a uma vaga na Câmara dos Deputados, a Pastora Rita Santos e o Pastor Samuel. Para a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, são candidatos o Evangelista Elcimar, o Pastor Marco Aurélio e o Pastor Marcos Marcelo, deputado estadual pelo Rio de Janeiro,

Também concorrem nessas eleições a Pastora Jane Silva, candidata a deputada federal por Minas Gerais; a Pastora Érica Simone, que concorre a deputada estadual por Minas Gerais; a Bispa Justa, deputada federal por São Paulo; Pastora Simone, deputada estadual por São Paulo; Pastor Luis Fernando, deputado estadual por São Paulo; Pastora Noeme, deputada federal pelo DF; Missionária Keila Bieliski, deputada federal por Goiás; Pastor Sargento Gualterney, deputado federal por Mato Grosso; Pastora Selma Marol, deputada federal pelo Paraná; Pastor Índio, deputado federal pelo Paraná; Pastor Claudio Jesus, deputado estadual pelo Paraná; Pastor Jonas Duarte, deputado estadual pelo Paraná; Pastor Osvaldo Oliveira, deputado federal pelo Rio Grande do Sul; Pastor Paulo, deputado estadual por Santa Catarina; Pastora Sônia, deputada estadual pelo Amazonas; Pastor Claudio, deputado estadual pelo Amazonas; Pastor Sergio Almeida, deputado estadual pelo Amazonas; Pastor Elias Martins, deputado estadual pelo Pará; Evangelista Edson Cardoso, deputado estadual pelo Tocantins; Pastor Lucimar Barros, deputado estadual pelo Tocantins; Bispo Fabio Santos, deputado federal pela Bahia; Pastor Carioca, deputado federal pela Bahia; Pastor Silvio, deputado federal pela Bahia; Alex Profeta, deputado estadual pela Bahia; Pastor Adenil Morro São Paulo, deputado estadual pela Bahia; Pastor Edivaldo Junior, deputado estadual pela Bahia; Pastor Kajuru do Sertão, deputado estadual pela Bahia; Pastor Sérgio Sertão, deputado estadual pela Bahia; Bispo Abel Galvão, deputado estadual pelo Ceará; Pastor Antonio Cicero, deputado federal pelo Maranhão; Pastor Josino Neto, deputado federal pela Paraíba; Pastor Marcio Lima, deputado estadual pela Paraíba; Pastor Petronilo, deputado estadual pela Paraíba; Missionário Pedro Paulo, deputado federal por Pernambuco; Irmão Tutui, deputado estadual por Pernambuco; Missionária Eliane, deputada estadual pelo Rio Grande do Norte; Missionaria Jacqueline Dias, deputada estadual pelo Rio Grande do Norte; Missionaria Tatyane, deputada estadual por Sergipe; Pastor Allysson O Sonhador, deputado estadual por Sergipe.