PTB Mulher de Porto Alegre registra novas filiações durante Seminário

PTB Notícias 23/05/2010, 13:20


Durante a terceira edição do Seminário Mais Mulheres no Poder, realizado no último final de semana pelo PTB Mulher de Porto Alegre, as lideranças que estiveram presentes, além de contar com painéis sobre Lei da Adoção e Quociente Eleitoral, avaliaram a mobilização do partido na comemoração dos seus 65 anos, e ainda prestigiaram o ato de filiações de Louise e Felipe Goulart.

As fichas foram abonadas pela pré-candidata a deputada estadual, Márcia Regina da Silva, pela presidente do PTBM/POA, Iára Lopes, e pelo presidente nacional da Juventude Trabalhista, Anderson Xavier.

“É sempre bom receber novos militantes.

Ainda mais em um dia tão especial como na data de hoje”, saudou Iára.

MobilizaçãoNa abertura do encontro, os diversos mobilizadores dos órgãos e dos núcleos de bairro do partido se manifestaram positivamente quanto a participação dos petebistas e da aceitação da sociedade em geral.

O primeiro secretário do PTB/POA, Carlos Siegle, o Nenê, explicou que a atividade teve como principais objetivos dar visibilidade, movimentar os segmentos partidários e, claro, comemorar a história do partido.

“Foi muito bem organizado.

Os militantes souberam cumprir o seu papel de abordagem e relacionamento com a comunidade.

É preciso convencer as pessoas, com jeito, com conteúdo, motivando- as a participar.

Um bom preparo para a pré-campanha externa e interna que estamos trabalhando”, afirmou Nenê.

Plataforma para as candidatasO primeiro painel temático da tarde foi sobre a nova Lei da Adoção, com o advogado Elizandro Sabino.

Entre as novidades foi frisada a flexibilização, atenção e acompanhamento ao processo.

“Agora, as gestantes podem manifestar seu interesse em entregar os filhos para adoção.

A assistência e o acompanhamento devem ser periódicos a crianças e adolescentes em situação de acolhimento familiar.

Não devendo permanecer por mais de dois anos neste regime, sendo que a preferência sempre será para o retorno à família biológica”, destacou Sabino.

A advogada Christiane Carpes falou sobre a importância do cálculo para definir o Quociente Eleitoral e partidário e da importância de uma candidatura majoritária, neste contexto.

“O que determina o número de cadeiras dos partidos é a relação do quociente eleitoral com os votos nas candidaturas proporcionais acrescidos dos votos na legenda.

Por isso uma candidatura própria alavanca a legenda, aumenta o quociente partidário e consequentemente, o número de deputados ou vereadores de uma sigla”, afirmou Christiane.

“O PTB Mulher de Porto Alegre está muito satisfeito com a participação do público, que aumenta a cada encontro do seminário.

As pessoas estão atentas ao cronograma do evento e já criaram a cultura de participar.

Neste terceiro encontro, uma peculiaridade, houve um grande número de presenças, mesmo com todas as demais mobilizações que aconteceram pela manhã e, paralelamente, à tarde.

Além disso, contamos com a presença de muitos jovens e isso nos alegrou muito”, destacou a presidente Iára.

Desde a abertura do seminário, já foram abordados temas como, a história do trabalhismo no Brasil, calendário eleitoral, crack e Bolsa-Família.

Os três últimos encontros acontecem ainda em 29 de maio, 12 e 19 de junho.

Quando serão apresentados os seguintes assuntos: partidos políticos x PTB, marketing pessoal e político, Lei Maria da Penha, conselhos de direitos, feminismo, mercado de trabalho e mulher e mídia.

fonte: site do PTB – RS