PTB pede a cassação do mandato de deputado do Piauí na Justiça Eleitoral

PTB Notícias 14/10/2009, 13:53


Os advogados do Diretório do PTB no Piauí impetraram nesta quinta-feira(13/10) no Tribunal Regional Eleitoral do Estado o requerimento do mandato do deputado estadual Valério Carvalho, que mudou de partido sem justa causa.

A fundamentação do pedido alega que o mandato pertence ao partido e não ao político.

Valério Carvalho saiu do PTB para o PDT, sem justificativa.

“O segundo suplente de deputado, o professor Jonathas Nunes, assumiria a vaga, já que o pastor Levino de Jesus (PRTB) abriu mão da sua vaga na suplência para a assumir vaga na Câmara Municipal de Teresina”, comentou o petebista Paulo César Vilarinho.

No entanto, o vereador Levino de Jesus pode ser deputado, para isso, ele tem que renunciar ao mandato de vereador e assumir o de deputado.

Levino teve 10.

048 votos nas eleições para deputado estadual em 2006.

O professor Jonathas Nunes teve 8.

648 votos.

Ambos concorreram com filiação no PTB.

O PTB requisitou o mandato de Valério Carvalho, alegando a resolução do TSE e a falta de motivação.

O relator do processo no Tribunal Eleitoral é o juiz eleitoral Kássio Nunes Marques.

Valério Carvalho deixou o partido ocupando a secretaria de Desenvolvimento Econômico e Empreendimento, cargo indicado pelo PTB.

Ele teve que deixar a pasta e volta a Assembléia Legislativa com assento na bancada do PDT.

O governador Wellington Dias informou que pretende manter Valério na equipe de Governo.

O deputado estadual Paulo César Vilarinho foi indicado pelo senador João Vicente Claudino, presidente regional do PTB, ao governador Wellington Dias para ocupar a vaga de secretário de Desenvolvimento Econômico.

Paulo César Vilarinho comentou nesta terça-feira (13/10) que poderia estar participando da última sessão na Assembléia Legislativa, pois a indicação foi aceita pelo governador Wellington Dias e o deputado se afastaria do Legislativo para assumir a pasta no Executivo.

fonte: jornal Diário do Povo (PI)