PTB promove encontro na Bahia e celebra o Dia Internacional da Mulher

Agência Trabalhista de Notícias - 9/03/2017, 20:04

Crédito: Neto Sousa/PTB Nacional

Imagem

Cerca de 200 pessoas participaram nesta quarta-feira (8) do encontro nacional do PTB em Salvador (BA). O principal objetivo do evento foi comemorar o Dia Internacional da Mulher, além de debater sobre temas centrais para o desenvolvimento do país e de estímulo à mobilização popular em defesa das reformas.

Estiveram presentes o vice-presidente nacional do PTB e presidente do partido na Bahia, deputado Benito Gama; a vice-presidente nacional do PTB Mulher e diretora financeira da Fundação Ivete Vargas (FIV), Marli Iglesias; a secretária-geral do PTB Mulher, Vera Gorgulho; a secretária Jurídica e presidente do PTB Mulher de Minas Gerais, ex-vereadora Elaine Matozinhos; a presidente do PTB de Salvador e do PTB Mulher da Bahia, Taissa Gama; presidentes estaduais e membros do movimento; a vice-presidente do PTB Mulher de São Paulo, Arlete Silva; o vereador Kiki Bispo; a presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), Maria do Socorro Barreto; a atriz Neuza Borges, autoridades e lideranças.

Na abertura do evento, foram exibidas mensagens em vídeo do presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, da deputada Cristiane Brasil (RJ), ex-presidente do movimento, e de Marlene Campos Machado, atual presidente do PTB Mulher. Os três não puderam comparecer. “O PTB depende das mulheres para sobrevier. Hoje vocês são a principal corrente de força do nosso partido. É o movimento [PTB Mulher] mais denso e forte do PTB”, afirmou Jefferson. “Muito obrigado, amigas. Felicidades às mulheres do PTB e do Brasil pelo dia de hoje.”

A vereadora Joice Silva, presidente da Câmara Municipal de Taboão da Serra (SP) e integrante da executiva do PTB Mulher paulista, além de discursar, leu a mensagem de Marlene Campos Machado, quem ela representou na ocasião. “Todas sabemos que o PTB, através do presidente Roberto Jefferson, sempre valorizou a mulher e acredita no potencial e na luta feminina, tanto é que temos 534.429 mulheres filiadas ao PTB e temos em nossa história a conquista do voto feminino. Para o PTB, a mulher é não é uma cota; aqui no PTB a mulher decide junto, participa, sonha e realiza. Não é por acaso que o nosso partido tem a história que todo o partido gostaria de ter”, afirmou.

Na ocasião, Benito Gama agradeceu a presença de todos e destacou a participação da presidente do TJ-BA no evento. “Destaco a presença da Maria do Socorro, que engrandece muito não somente a festa, mas, sobretudo, a representação feminina da história da Bahia, do Brasil e do mundo. Na magistratura na Bahia temos esse importante exemplo de representatividade das mulheres”, disse.

O deputado chamou atenção para o trabalho das mulheres nas campanhas políticas e a atuação de Taissa Gama, secretária de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude da Prefeitura de Salvador. “São as mulheres que trabalham com toda dedicação e a maioria dos homens só fazem aparecer. Isso não pode continuar. No Congresso Nacional temos somente 56 mulheres. É uma coisa inexplicável. Reuniões como essa são fundamentais para promovermos a igualdade sem perder os privilégios por ser mãe, filha, batalhadora, entre outras atribuições”, acrescentou.

Ainda no encontro, Benito Gama ressaltou que “onde tem atividade forte no Brasil, tem ação do PTB”. “É o partido que tem a história que qualquer outro gostaria de ter. O primeiro voto feminino no Brasil foi no PTB. Votamos na frente da Suíça, da França (…). O Brasil consegue essas coisas. Por isso confio no nosso país e tenho certeza que vamos efetivar as reformas necessárias. Não podemos ficar de braços cruzados com 14 milhões de desempregados”, disse.

Em seu pronunciamento, a presidente do PTB Mulher baiano, Taissa Gama, se disse honrada por receber lideranças de diversos estados e fez um agradecimento especial ao pai e ao prefeito de Salvador. “Agradeço ao deputado Benito Gama, o meu eterno guia, e ao prefeito ACM Neto, pelo apoio e pela confiança e amizade. Ele [ACM Neto], assim como eu e o deputado, também acredita no poder de transformar para melhor a vida das pessoas com muito trabalho e dedicação”, afirmou.

Protagonismo

O encontro do PTB Mulher em Salvador também foi marcado por uma homenagem das mulheres petebistas à atriz Neuza Borges. A primeira presidente do movimento feminino do partido, Marli Iglesias, atual vice-presidente nacional do PTB Mulher e diretora financeira da Fundação Ivete Vargas (FIV), que participou ativamente da organização do evento junto com a presidente do PTB Mulher da Bahia, Taissa Gama, fez questão de destacar a importância do incentivo das principais lideranças petebistas para que fosse concretizada a criação do PTB Mulher. Marli Iglesias também enfatizou que o Partido Trabalhista Brasileiro foi a primeira sigla a criar um movimento feminino organizado, iniciativa que acabou por influenciar outros partidos a seguirem na mesma linha, levando ao surgimento do PSDB Mulher, do PMDB Mulher, entre outros.

“Agradeço muito a homenagem recebida dos meus companheiros e companheiras do PTB, mas é preciso registrar que sem o apoio incondicional de nossos líderes, como o nosso presidente, Roberto Jefferson, o nosso deputado Benito Gama e outros, não teríamos nos transformado em um dos principais movimentos partidários do país voltados para a mulher. Roberto Jefferson, Benito Gama e tantos outros não medem esforços para o crescimento contínuo do nosso PTB Mulher”, disse.

Marli Iglesias contou aos participantes do encontro de Salvador como se deu a criação do PTB Mulher, na década de 90, e lembrou que o nome do movimento foi uma ideia do então deputado petebista Antonio Osório, “uma contribuição da Bahia para eternizar a luta das mulheres petebistas”, completou. Marli encerrou sua participação fazendo um chamamento à maior participação da mulher nas atividades partidárias, e pediu engajamento de todas para que o partido possa eleger um número ainda maior de senadores, deputados federais e estaduais nas próximas eleições, entre eles, mais e mais mulheres.

“Nós, mulheres, somos protagonistas da história de sucesso do PTB no cenário político nacional, e fizemos a diferença com a criação do PTB Mulher, o primeiro movimento feminino organizado dentre todas as agremiações. Mas não podemos viver apenas das glórias do passado. Precisamos continuar a fazer a diferença, precisamos continuar arregaçando as mangas em um trabalho incansável para fazer brilhar de forma cada vez mais intensa a nossa bandeira, a nossa marca histórica. Como o presidente Roberto Jefferson sempre me diz, o PTB conta com a força de suas mulheres para obter vitórias importantes e decisivas na política nacional. Portanto, vamos à luta, vamos manter nossa ação vitoriosa, vamos trabalhar para honrar a memória de nossos fundadores, como Getúlio Vargas. Avante, mulheres petebistas! Fizemos a diferença na criação, agora, façamos a diferença na ação”, concluiu a vice-presidente do PTB Mulher, Marli Iglesias.

Clique aqui e confira a galeria de fotos do evento.

Agência Trabalhista de Notícias com informações da assessoria do deputado Benito Gama (PTB-BA)