PTB realiza ato pela passagem dos 55 anos da morte de Getúlio Vargas

PTB Notícias 24/08/2009, 18:28


Na manhã desta segunda-feira, 24 de agosto, quando se completam 55 anos da morte do ex-presidente do Brasil, Getúlio Vargas, o Diretório do PTB do Rio Grande do Sul reuniu mais de 80 pessoas junto ao monumento da Carta Testamento, na Praça da Alfândega, em Porto Alegre, para prestar uma homenagem ao legado político do líder trabalhista.

Segundo o secretário-geral do PTB estadual, Elói Guimarães, sempre é preciso lembrar e exaltar o fato do partido ter sido fundado por Getúlio Vargas, o mais importante líder político do País.

“Temos a missão de garantir que a nossa filosofia esteja afinada com a de Vargas, que sempre lutou pelo povo, levantando a única bandeira que sobreviveu às mudanças e às crises históricas, a do trabalhismo.

Somos herdeiros de um legado que concebeu ao País, todas as suas grandes conquistas”, destacou Elói Guimarães.

Além de Elói Guimarães, o deputado estadual Cassiá Carpes, a presidente do PTBMulher, Tânia Reckziegel, a presidente da Juventude, Graciela Nienov e o presidente do PtchêB, Fernando Medeiros, manifestaram o seu orgulho quanto à herança histórica e política de Getúlio Vargas.

O legado do líder trabalhista Getúlio Vargas foi por duas vezes presidente da República do Brasil: Na primeira vez, de 1930 a 1945, governou o Brasil em três fases distintas: de 1930 a 1934, no governo provisório; de 1934 a 1937, no governo constitucional, eleito pelo Congresso Nacional; e de 1937 a 1945, no Estado Novo.

Na segunda vez, de 1951 a 1954, governou o Brasil como presidente eleito por voto direto.

Suicidou-se, em 1954, com um tiro no coração, em seu quarto, no Palácio do Catete, na cidade do Rio de Janeiro, então capital federal.

fonte: site do PTB – RS