PTB reúne Executiva Nacional e avalia desempenho nas Eleições 2014

PTB Notícias 15/10/2014, 23:14


Em reunião realizada nesta quarta-feira (15/10) na sede nacional do Partido Trabalhista Brasileiro, em Brasília, a Executiva Nacional se reuniu para avaliar o desempenho do PTB nas Eleições 2014.

O partido elegeu 25 deputados federais, 40 estaduais e dois senadores.

Na próxima legislatura (2015-2019) da Câmara Federal, o PTB será a oitava maior bancada da Casa.

A expectativa da sigla é aumentar a sua bancada para 27 ou 28 deputados, com a entrada de suplentes.

Compuseram a mesa da reunião o presidente nacional do PTB, Benito Gama; o secretário-geral do PTB, deputado estadual Campos Machado (SP); os presidentes Chico Galindo (Fundação PTB), Cristiane Brasil (PTB Mulher) e Adriano Stefanni (Juventude do PTB); o ex-presidente e vice-presidente de Relações Institucionais do PTB, Flávio Martinez; e o deputado estadual Adelson Barreto (PTB-SE).

Participaram da reunião os secretários Norberto Martins (primeiro-secretário), Honésio Ferreira (Comunicação), Luiz Francisco Correa Barbosa (Jurídico) e Anderson Xavier (Mobilização), o primeiro-tesoureiro, Luiz Rondon; e deputados federais e estaduais eleitos, presidentes estaduais e lideranças do partido de todo o país.

“É uma posição extremamente forte.

Nós temos que agradecer a todos os companheiros por esse empenho, houve uma revolução fantástica”, disse Benito Gama.

“Hoje é um dia de vitória.

Agora temos que trabalhar para as eleições de 2016, para eleger vereadores e prefeitos, e já pensar também em 2018″, conclamou o presidente.

Na reunião foi comentado também o apoio do PTB ao candidato à Presidência da República pela coligação Muda Brasil, Aécio Neves, que está no segundo turno.

O apoio do PTB a Aécio foi decidido na Convenção Nacional do partido, realizada em junho deste ano, em Salvador (BA), pela ampla maioria dos delegados presentes à convenção.

“A convenção é o órgão máximo do partido e ela decidiu o apoio ao candidato Aécio Neves à Presidência da República.

Ele foi para o segundo turno e automaticamente a decisão continua a mesma.

Não há nem como decidir isso porque isso já é uma decisão tomada no órgão maior.

Eu considero realmente o apoio ao candidato a presidente Aécio Neves no segundo turno pela deliberação da convenção e hoje aqui nesta reunião para nós discutirmos, respeitando inclusive algumas decisões de alguns estados que apoiam a candidata Dilma Rousseff.

A decisão é de manter o apoio a Aécio Neves e respeitando nos estados os acordos que foram feitos no primeiro turno, como fizemos com muita clareza”, afirmou Benito.

Secretário-geral do PTB e presidente do PTB paulista, o deputado estadual Campos Machado também destacou a decisão definida pelo partido na Convenção Nacional, ao declarar apoio à candidatura de Aécio Neves.

Campos frisou que a decisão não foi para turnos, e sim uma decisão tomada de maneira literal, incontestável e juridicamente válida.

“Mas o presidente Benito Gama quis dar uma demonstração, e deu.

Ele quis fazer um gesto de cordialidade, de amizade, que eu acho profundamente louvável, mas não podemos discutir o que já foi discutido”, disse.

A presidente nacional do PTB Mulher, Cristiane Brasil, afirmou que o partido terá um grande desafio pela frente.

Cristiane comentou que nos próximos dias o país estará elegendo um novo presidente, que, na opinião dela, é Aécio Neves.

“O motivo desta reunião era reiterar esse apoio mais do que consagrado ao candidato Aécio Neves, que, para nós, é a melhor opção para o Brasil”, frisou.

Agência Trabalhista de Notícias (EM e Felipe Menezes)Fotos: Adriana Lima/AscomPTBAtualizado em 16/10/2014 às 9h43