PTB-SP ‘estreia’ Aloysio Nunes em evento realizado em São Caetano do Sul

PTB Notícias 6/07/2014, 18:01


Em primeiro ato público depois de ser anunciado como candidato a vice na chapa encabeçada pelo senador mineiro Aécio Neves (PSDB) na corrida presidencial de outubro, o também senador Aloysio Nunes (PSDB) foi aclamado no sábado (5/7/2014) pelos petebistas do Grande ABC, durante evento realizado em São Caetano do Sul (SP).

Na atividade do PTB regional, lideranças da legenda reforçaram a parceria com os tucanos na disputa pela sucessão da presidente Dilma Rousseff (PT) e no projeto de reeleição do governador Geraldo Alckmin (PSDB).

“O Grande ABC é um centro dinâmico da economia, mas também da política paulista e brasileira.

Tudo o que acontece aqui repercute no país inteiro.

Esse apoio, que traz um número expressivo de lideranças do PTB, contribuirá para um resultado muito positivo para nos ajudar a fazer a mudança que o Brasil precisa”, frisou Aloysio.

A mudança defendida na esfera federal, no entanto, não se repete na briga pelo governo do Estado, em que petebistas e tucanos defendem a continuidade do governo Alckmin.

“São Paulo não permitirá que políticos com pouca experiência cheguem ao Palácio dos Bandeirantes”, ressaltou o secretário estadual de Esporte, Lazer e Juventude, José Auricchio Júnior (PTB), em nítida referência a Alexandre Padilha e Paulo Skaf, candidatos do PT e do PMDB, respectivamente, ao Executivo paulista.

A dupla não tem passagens por cargos eletivos.

Presidente do PTB paulista, o deputado estadual Campos Machado afirmou que o pleito deste ano será da “coragem contra o preconceito e a discriminação”.

A mulher do parlamentar, Marlene Campos Machado (PTB), é a aposta do partido na disputa pelo Senado.

Marlene é vice-presidente nacional e presidente estadual do PTB Mulher.

“A candidatura da Marlene será pela igualdade social e pela discriminação contra a mulher”, destacou Campos.

O evento de sábado reuniu a cúpula do PTB na região, como o ex-prefeito de Ribeirão Pires e atual secretário adjunto na pasta estadual de Esporte, Clóvis Volpi (PTB), a ex-vice-prefeita de Santo André Dinah Zekcer, a vice-prefeita de Diadema, Silvana Guarnieri (PTB), além de vereadores da legenda no Grande ABC e do deputado estadual Alex Manente (PPS).

Mas a família petebista estaria completa não fosse a ausência da militância de Rio Grande da Serra.

Após o prefeito Gabriel Maranhão (PSDB) declarar voto em Dilma, foi a vez da vice-prefeita Marilza Oliveira (PTB) não comparecer ao ato pró-Aécio.

“Isso me faz ficar mais atento ao PTB de lá, que sequer foi receber o presidente do partido”, advertiu Campos.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do Diário do Grande ABC Foto: Nario Barbosa/Diário do Grande ABC