PTB-SP inicia caminhada histórica para eleger Marlene Campos Machado

PTB Notícias 24/07/2014, 7:30


O PTB de São Paulo deu o pontapé inicial para a campanha eleitoral de 2014, no domingo (20/7), quando mais de 240 candidatos e candidatas participaram de palestras de capacitação e iniciaram a preparação de seus materiais promocionais, que deverão ter unidade quanto às candidaturas ao Senado (Marlene Campos Machado), governador (Geraldo Alckmin) e presidente (Aécio Neves).

Durante a reunião, o presidente estadual e secretário-geral nacional do PTB, deputado estadual Campos Machado, foi taxativo quanto à fidelidade partidária.

“Fé, amor, esperança e coragem, estas são as palavras do nosso partido nas eleições de 2014, mas não admitiremos traições.

Quem trai não ama a sua família, não ama seus amigos, não ama o seu trabalho, não ama o seu partido.

“Marlene pode surpreender em agostoLembrando o slogan do PTB para 2014 – “A Coragem sempre vence o medo”, Campos Machado conclamou todos a participar de uma verdadeira cruzada, ao divulgar a candidatura da presidente estadual e vice-presidente nacional do PTB Mulher, Marlene Campos Machado.

“Palavra dada é flecha lançada.

Muitos duvidaram da candidatura de Marlene, mas o PTB nasceu para ser locomotiva.

O lançamento de Marlene ao Senado por São Paulo, além de chapas completas de mulheres do PTB para deputadas estaduais e federais, é prova inconteste de que o nosso partido quer a mulher participando efetivamente das decisões políticas.

“”Sem nunca ter sido candidata, Marlene já pontuou com 2%, que podem ser 4% (a margem de erro é de 2%, para mais ou para menos), na última pesquisa do Datafolha.

Isso representa de 500 mil a 1 milhão de votos.

“”Por isso, vamos intensificar nas próximas semanas, numa verdadeira corrente, a divulgação da nossa senadora Marlene Campos Machado, para que, até a segunda ou terceira semana de agosto, alcancemos 10%.

Se isso ocorrer, juntamente com o início da propaganda na TV e no rádio, temos chance de pegar uma vertente e fazer história em São Paulo.

E, como diz Geraldo Vandré, quem sabe faz a hora, não espera acontecer.

“”Venha com a gente.

Esta é a nossa hora!”, conclama Campos Machado.

Agência Trabalhista de Notícias (LL), com informações do assessoria do deputado Campos Machado (PTB-SP)Foto: Igor Gonçalves/Divulgação