PTB terá 120 candidatos a prefeito em 2008, afirma João Vicente Claudino

PTB Notícias 26/12/2007, 14:41


O senador João Vicente Claudino, Presidente do Diretório Estadual do PTB no Piauí, visitou na manhã da última segunda-feira (24/12) a sede do Sistema O DIA de comunicação, em Teresina.

O parlamentar petebista, que foi recebido pelo presidente do grupo, Valmir Miranda, aproveitou a oportunidade para fazer um balanço de suas atividades no Senado Federal.

João Vicente Claudino também falou de suas prioridades para 2008, como a defesa do projeto de duplicação das BRs 316 e 343.

“Queremos unir estas duas BRs fazendo o contorno rodoviário de Teresina”, disse o senador.

JVC falou ainda de como o PTB está se preparando para as eleições 2008 que se aproximam.

Segundo ele, o partido terá 120 candidatos no pleito eleitoral do ano que vem.

“Sessenta e quatro de nossos prefeitos serão candidatos à reeleição.

No total, mais de 120 petebistas serão candidatos a prefeito”, afirmou.

Confira a entrevista.

O DIA – Qual o balanço que o senhor faz do Senado em 2007?JVC – O ano de 2007 foi um ano bom, apesar das turbulências do Senado, tivemos agora o debate da CPMF; enfim foi um balanço positivo.

Foram votados projetos interessantes, embora não tenha entrado nenhuma reforma em pauta, que era uma expectativa nossa.

Eu acredito que em 2008 teremos a oportunidade de ver em tramitação pelo menos duas reformas: a Tributária e a Política.

A Tributária até mesmo função da CPMF, já a reforma Política, porque passamos 2007 em um conflito muito grande com o Judiciário brasileiro.

Em relação ao nosso trabalho, podemos dizer que foi positivo.

Procuramos este ano nos concentrar no trabalho das comissões.

Demos entrada em decretos legislativos e projetos de lei em diversas áreas.

Produzimos 14 projetos em um ano.

Fizemos relatorias de projetos importantes.

O DIA – O que senhor achou do posicionamento do Senado sobre a CPMF?JVC – A CPMF foi a matéria de maior debate no Congresso.

Pena que ela chegou em um momento de turbulência.

Não tivemos a oportunidade de discutir esse projeto numa visão mais tributária, dado ao clima da Casa.

Eu votei a favor, mas cada parlamentar teve o seu critério.

O projeto é criticado porque tem sua aplicação definida.

Nos outros impostos não ocorre isso.

Com a derrota do projeto, temos que apressar a Reforma Tributária.

É o que sociedade brasileira cobra há muito tempo.

O DIA – A casa foi injusta com o senador Renan?JVC – Não! A Casa tem que julgar suas prerrogativas.

Acho até que não temos condições de sermos legisladores e juízes ao mesmo tempo.

O julgamento deve ser feito pelo Judiciário.

A nossa função primordial é produzir leis para o país.

A Casa agiu dentro da sua consciência.

O DIA – Ele deveria mesmo ter se afastado?JVC – No início sim.

Se tivesse feito isso não teria tanto problema.

Conduziria o processo de forma mais tranqüila.

E sobre a renúncia, ele pensou no Senado.

Ele fez a coisa certa.

Tanto que elegemos um novo presidente.

Pela sua índole, ele vai conduzir com muita serenidade o Senado.

O DIA – O senhor está à frente de um projeto de duplicação da BR 316?JVC – Sim, é um anseio de muito tempo.

Nós colocamos no Plano Plurianual (PPA) a duplicação da BR 316, no trecho entre a Casa de Custódia e a PRF, uns 2 km mais ou menos.

É importantíssima esta obra para Teresina.

O volume de tráfego é muito grande.

Colocamos R$ 38 milhões no PPA, somados ai mais R$ 50 milhões para a duplicação da 343, na saída para Altos.

Queremos unir estas duas BRs fazendo o contorno rodoviário de Teresina.

Para isso, temos mais R$ 20 milhões para mais uma ponte no Poti, que vai possibilitar a união das estradas.

Com esta obra, muitos veículos não precisarão mais passar por Teresina.

O DIA – Eleições 2008 se aproximando, como o PTB está se preparando?JVC – Estamos nos preparando de uma maneira clara e firme para a consolidação do PTB como partido político.

As eleições mais importantes são as municipais.

Hoje temos 77 prefeitos e queremos ter bons nomes para 2008, nos fortalecer.

Sessenta e quatro de nossos prefeitos serão candidatos à reeleição.

No total, mais de 120 petebistas serão candidatos a prefeito.

Vamos ver a possibilidade de aliança em cada municípios, sem excluir nenhum partido.

fonte: Jornal O Dia (PI)