Queda no PIB e recessão sepultam candidatura de Meirelles, diz Jovair

PTB Notícias 16/03/2009, 17:56


O Líder do PTB na Câmara dos Deputados, Jovair Arantes, nunca alimentou a hipótese de Henrique Meirelles deixar o Banco Central para disputar o governo de Goiás, mas agora já tem convicção formada.

“Diante da queda do PIB (Produto Interno Bruto) e da ameaça de recessão, a única coisa que lhe resta é continuar à frente do Banco Central, reduzir ainda mais as taxas de juros e fazer o que precisa ser feito para minimizar os efeitos da crise financeira no Brasil”, diz ele, dando veredito: “Isso foi a gota d”água, o tiro de misericórdia, e qualquer projeto político agora está definitivamente sepultado.

” Jovair Arantes não responsabiliza diretamente Henrique Meirelles por erros na política econômica do governo e até reduz sua eventual culpa: “Penso até que se ele não estivesse no comando da política monetária do governo, com uma posição até certo ponto conservadora, o País poderia estar numa situação pior.

” Sobre a sucessão de Goiás, o deputado do PTB reafirma apoio a Marconi Perillo para o governo e enxerga bipolarização entre a base governista contra Iris Rezende, apoiado por PT e PMDB.

“Agora, mais do que nunca, não dá mais para Henrique Meirelles ficar falando se vem ou não vem para Goiás.

A verdade é que ele entrou em rota de colisão com projetos políticos e está em jogo sua própria competência como gestor da economia.

“fonte: jornal Diário da Manhã (GO)