Ranolfo Vieira Júnior apresenta programa RS Seguro em Santa Cruz do Sul

Agência Trabalhista de Notícias 22/10/2019, 10:01


Imagem Crédito: Divulgação/SSP/RS

Promovida pela Associação Comercial e Industrial (ACI) de Santa Cruz do Sul (RS), a reunião-almoço Tá na Hora recebeu o vice-governador e secretário de Segurança Pública do Rio Grande do Sul, Ranolfo Vieira Júnior (PTB), na segunda-feira (21). A atividade ocorreu no restaurante do Hotel Águas Claras com o tema “RS Seguro: Programa estruturante e transversal de Governo para a Segurança Pública”.

Na ocasião, o vice-governador apresentou o programa que, segundo ele, atinge uma das áreas prioritárias do governo, que é a segurança pública. “É um projeto que tem como base três premissas: integração [unir polícias; União, Estado e municípios; e sociedade civil], inteligência, e investimentos qualificados”, afirmou.

Com dez meses de governo, o petebista revelou que já colheu frutos. “Temos redução de quase todos os índices de criminalidade e, principalmente, dos homicídios em que até setembro preservamos o mesmo comparativo com o ano passado. São até agora 458 mortes”, ressaltou.

Sobre as manifestações que têm ocorrido no Estado por conta da reforma estrutural, Ranolfo disse que nesta segunda-feira teve uma reunião com representantes da Brigada Militar para apresentar o contraponto. “Levarei ao centro de governo para que se faça um estudo, verificando se poderemos ou não atender os pedidos dos servidores, tudo dentro do diálogo e transparência”, salientou.

O vice-governador salientou ainda que hoje há duas decisões liminares, ou seja, que não são definitivas. Uma delas, que vale desde 2017, prevê o não pagamento da dívida com a União. “A segunda é que não devemos recolher os precatórios no mesmo índice do que o Poder Judiciário gaúcho pretendia que isto ocorresse. Se não fossem estas duas medidas, estaríamos pagando os salários de fevereiro dos servidores do Executivo”, concluiu.

Com informações do Gaz